Abib

Ex-meia do Corinthians e Juventus
por Rogério Micheletti
 
Abib Izar Badur, que fez um único jogo com a camisa titular do Corinthians, hoje trabalha como supervisor de vendas da Relojoaria Suissa da Rangel Pestana no Brás. Nascido no dia 6 de março de 1942, em São Paulo (SP), Adib encerrou a carreira prematuramente aos 24 anos.

A única partida em que Abib começou jogando pelo alvinegro foi contra o Botafogo de Ribeirão Preto, no Pacaembu, no dia 16 de julho de 1961. Na ocasião, o Corinthians empatou por 2 a 2 com o Pantera. Os gols corintianos foram marcados por Miranda e Benedito.
O Timão jogou aquele dia com: Gilmar; Jaime, Walmir e Ari Clemente; Sídnei (Benedito) e Oreco; Miranda, Abib, Joaquinzinho, Da Silva e Neves. O técnico era Alfredo Ramos. Deles, já morreram: Oreco, Joaquinzinho e Da Silva (pai de Sonny Anderson, ex-Vasco, futebol francês e alemão, e do meia Toninho, ex-XV de Jaú, Portuguesa, Guarani e futebol japonês).

Em 1962, Abib jogou na Ponte Preta, em 63 e 64 no Juventus e garante ter um recorde:"Nem Pelé, nem Dario e nem Jorge Mendonça. O recordista brasileiro de gols sou eu mesmo. Fiz 12 gols em 59, no Parque São Jorge, quando goleamos o Santa Marina por 17 a 0 no campeonato paulista de juvenis. Por que ninguém lembra de meu recorde?", pergunta Abib.


ver mais notícias

Pelo Corinthians:

Atuou em dois jogos como profissiona, no empate em 2 a 2 contra o Botafogo de Ribeirão Preto e na vitória por 6 a 0 contra um Combinado de Laranjal Paulista.
Fonte: Almanaque do Timão, de Celso Unzelte.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES