A primeira conquista de Zico com a seleção brasileira

A primeira conquista de Zico com a seleção brasileira

No final do ano de 1971 e Colômbia sediou o torneio Pré-Olímpico, que daria vaga ao campeão para disputar os Jogos Olímpicos do ano seguinte, que seriam realizados em Munique, na Alemanha.

O treinador era Antonio Ferreira, o Antoninho, e a comissão técnica tinha nomes como Carlos Alberto Parreira e Raul Carlesso. Na primeira fase o Brasil iria enfrentar Equador, Bolívia, Argentina e Chile.

O Brasil estreou empatando em 1 a 1 com o Equador, gol de Nílson Dias. Depois venceu a Bolívia, por 2 a 1, com gols de Roberto Carlos e Nílson Dias, empatou em 0 a 0 com a Argentina e bateu o Chile por 1 a 0, com novo gol de Nílson Dias.

No quadrangular decisivo empatou em 1 a 1 com a Colômbia, a dona da casa, com gol de Enéas, e a seguir venceu a Argentina, por 1 a 0, gol de Zico, e o Peru, por 1 a 0, com outro gol de Enéas, terminando em primeiro lugar e conquistando vaga para Munique.

Desse grupo, dois jogadores disputaram depois Copas do Mundo, Zico, que jogava no Flamengo e esteve nos Mundiais de 1978, 1982 e 1986, e o zagueiro Abel Braga, então no Fluminense, que participou da Copa de 1978, na Argentina.

Os demais integrantes que jogaram o Pré-Olímpico foram os seguintes, e os times onde eles atuavam na época:

Nielsen (goleiro/Fluminense), Aloísio (lateral-direito/Flamengo), Fred (zagueiro/Flamengo), Vágner (zagueiro/Corinthians), Celso (lateral-esquerdo/Palmeiras), Rubens Galaxe (volante/Fluminense), Ângelo (volante/Atlético-MG), Marco Aurélio Moreira (Marquinhos/meia/Fluminense), Ademir (meia/Remo), Enéas (meia/Portuguesa), Roberto Carlos (ponta-direita/Botafogo), Nílson Dias (centroavante/Botafogo), Clayton (centroavante/Guarani) e Galdino (ponta-esquerda/Botafogo).

O curioso é que desses jogadores, apenas sete deles disputaram a olimpíada em 1972, o goleiro Nielsen, os zagueiros Fred, Abel e Vágner, o lateral Celso, e os volantes Rubens Galaxe e Ângelo.

O próprio Zico confessou que seu corte dos Jogos de Munique foi um dos piores momentos de sua carreira, e ele até pensou em abandonar o futebol. Mas se Zico não foi, um outro craque que depois se tornaria um dos maiores jogadores do mundo foi chamado, Paulo Roberto Falcão.

Mas os Jogos de Munique ficam para outra oportunidade.

Clique nos nomes para saber mais das carreiras desses jogadores na seção Que Fim Levou?

 

Brasil Campeão Pré-Olímpico em 1971. Em pé: Raul Carlesso (preparador físico), Rubens Galaxe, Aloisio, Fred, Nielsen, Vágner, Celso e Carlos Alberto Parreira (preparador físico). Agachados: Nocaute Jack (massagista), Roberto Carlos, Marquinhos, Zico, Nilson Dias, Galdino e Chico (roupeiro)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    42
  • 2 Pal
    39
  • 3 San
    37
  • 4 Int
    33
  • 5 Cor
    32
  • Veja tabela completa