Wellington Fajardo

Ex-goleiro do Cruzeiro

Por Rogério Micheletti e Sérgio Quintella

Wellington Fajardo foi um dos vários goleiros promissores que passaram pela Toca da Raposa nos anos 80.

Assim como Gomes e Ademir Maria, Wellington chegou a fazer parte de boas equipes cruzeirenses. Com 80 partidas no currículo, ele é o 15º. entre os 90 goleiros que mais jogaram com a camisa do Cruzeiro.

Lá na Toca da Raposa, Wellington comemorou o título mineiro de 1987, o vice-campeonato da Supercopa da Libertadores em 1988 e as conquistas dos internacionais "Torneio Cidade de Pamplona", "Torneio Cidade de Alicante" e "Torneio Cidade de Madri".


Wellington Fajardo começou a carreira no América Mineiro em 1978. Ficou lá até 1986. Em 1985, foi considerado o melhor goleiro de Minas Gerais, ganhando o Troféu Guará, concedido aos melhores jogadores de cada posição.


Em 2008, Wellington foi campeão da Taça Minas Gerias treinando o Tupi. Antes, ele já havia dirigido a Francana-SP e o Democrata de Governador Valadares-MG. No Uberlândia trabalhou em 2009 e entre 2012 e 2014.

Em 2009 ele fundou a "Escola de Futebol Wellington Fajardo", em Juiz de Fora (MG). Com os seus compromissos no futebol ela é tocada por seu filho Lucas Fajardo, que é formado em Educação Física. 

Em 2017 dirigindo o Clube Atlético Patrocinense ele salvou o time do rebaixamento e ainda conseguiu uma vaga inédita para uma competição nacional, o Brasileiro da Série D. Em 2018 foi novamente contratado pelo time de Patrocínio (MG).

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES