Tarciso

Ex-atacante do Grêmio e América-RJ

por Rogério Micheletti/colaborou o leitor José Eustáquio Rodrigues Alves

Um dos grandes atacantes da história do Grêmio de Football Portoalegrense, José Tarciso de Souza, o Tarciso, morreu na madrugada de 5 de dezembro de 2018, em decorrência de um tumor ósseo, aos 67 anos de idade.

Ele morava morava na capital gaúcha, onde trabalhava na revelação de futuros craques. Paralelamente, ele também entrou para a política e em 2008 foi eleito vereador por Porto Alegre (RS).

Mineiro de São Geraldo, onde nasceu no dia 15 de setembro de 1951, Tarciso despontou no futebol defendendo o América do Rio. No começo de carreira, no final dos anos 60, Tarciso era um centroavante nato. No Grêmio, a partir de 1973, transformou-se em ponta-direita e até em ponta-esquerda, posição em que atuou na campanha vitoriosa da Libertadores da América de 1983.

Os bons momentos de Grêmio renderam ao veloz atacante, também chamado de Flecha Negra, algumas convocações para defender a Seleção Brasileira. Tarciso fez oito jogos entre 1978 e 1980, tendo marcado um gol no amistoso contra a Seleção de Goiás, na vitória canarinho por 3 a 1.

Depois do Grêmio, clube que defendeu entre 1973 e 1986, Tarciso teve passagens rápidas por cinco clubes: Goiás (1986), Cerro Porteño, do Paraguai (1987/88), Coritiba (1989), Goiânia (1990) e São José-RS (1990).

Títulos

Campeão gaúcho em 1977, 79, 80, 85 e 86, Brasileiro de 1981, Libertadores da América de 1983, Mundial Interclubes de 1983 (todos pelo Grêmio), Goiano de 1986 (pelo Goiás) e Paraguaio de 1987 (pelo Cerro Porteño).

Família de craques

Tarciso não foi o único jogador de sua família. Guilherme de Souza, o Guilherme, também fez fama no futebol. Ele jogou no Vila Nova, de Goiás, ao lado de jogadores como Mosca, Bajoso, Nelson, entre outros.

A deputada estadual pelo Rio Grande do Sul, Manuela D´Ávila, em seu perfil no Facebook, publicou uma mensagem enaltecendo os trabalhos sociais de Tarciso, no dia de sua morte, 5 de dezembro de 2018, que segue abaixo, na íntegra:

Hoje de madrugada, nos deixou o querido colega Tarciso Flecha Negra . Todos sabem que ele foi um ícone dentro futebol, com uma carreira repleta de êxito dentro do Grêmio . Mas Tarcísio atuou de forma determinante também em trabalhos sociais : em sua escolinha de futebol, mantinha projetos que ofereciam dignidade às crianças que ali davam seus primeiros chutes na bola , que ali depositavam a esperança de dias melhores . Porto Alegre perde um grande homem , um grande vereador. Um abraço apertado na família do Tarciso!

ver mais notícias

Títulos:

Campeão gaúcho em 1977, 79, 80, 85 e 86, Brasileiro de 1981, Libertadores da América de 1983, Mundial Interclubes de 1983 (todos pelo Grêmio), goiano de 1986 (pelo Goiás) e paraguaio de 1987 (pelo Cerro Porteño).

Clubes:

Depois do Grêmio, clube que defendeu entre 1973 e 1986, Tarciso teve passagens rápidas por cinco clubes: Goiás (1986), Cerro Porteño, do Paraguai (1987/88), Coritiba (1989), Goiânia (1990) e São José-RS (1990).

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES