Sérgio Baklanos

Saudoso jornalista esportivo
Competente jornalista esportivo, Sérgio Baklanoff, conhecido como Sérgio Baklanos, nasceu em São Paulo em 1935 e morreu na capital paulista em 12 de agosto de 1999.
 
Passou, durante a carreira, pela TV Tupi (onde trabalhou por muitos anos ao lado de nomes de ponta como Geraldo Bretas, Roberto Petri, Ely Coimbra, Gerdi Gomes, José Goes e Walter Abrahão), Jornal da Tarde, Gazeta Esportiva e Rádio Capital, entre outros órgãos de comunicação.
 
Ganhou duas vezes o prêmio Esso de Jornalismo (1978 e 1986), quando atuava no Jornal da Tarde, por conta do trabalho na cobertura das Copas do Mundo dos respectivos anos. Recebeu também por três vezes o troféu Ford Aceesp, concedido anualmente. Descendente de russos, tinha grande conhecimento de futebol internacional. Ao falecer, deixou duas filhas.
 
Viveu momentos inesquecíveis na TV Tupi. Um deles, durante a transmissão de uma luta exibição de boxe em São Paulo do fenomenal Cassius Marcellus Clay, que anos depois viria a se converter ao Islã e trocaria o nome para Muhammad Ali.
 
Baklanos, sem saber falar quase nada de inglês, entrevistou o pugilista com brilhantismo. Na sequência, foi carregado por Clay no tablado diante dos olhares incrédulos do público.
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES