Roque Júnior

Ex-zagueiro de Palmeiras, Milan e Seleção Brasileira
Por Diogo Miloni
 
João Vitor Roque Júnior, ou apenas Roque Júnior, é um ex-zagueiro que fez muito sucesso atuando dentro e fora do Brasil. Em 2011, após uma pequena experiência no Ituano, pendurou as chuteiras.
 
Em 9 de março de 2017, Roque Júnior foi anunciado como técnico do Ituano. Ele permaneceu no cargo até 19 de junho de 2017, dia em que foi dispensado.
 
Natural da cidade mineira de Santa Rita de Sapucaí, Roque nasceu no dia 31 de agosto de 1976 e iniciou sua carreira, ainda como amador, no modesto Santarritense.

Clubes

Profissionalizou-se em 1994, atuando no São José, clube do interior paulista. Ficou na equipe por duas temporadas, até despertar o interesse do Palmeiras, para onde se transferiu em 1995.
 
No Verdão, era chamado de Junior II, pela presença do lateral-esquerdo Junior. Nas primeiras partidas foi utilizado como volante, mas sem conseguir muito sucesso retornou para o miolo da zaga.
 
Sua principal participação foi na Libertadores da América, de 1999, quando substituiu o suspenso Cléber e fez duas grandes partidas diante do River Plate, na fase semifinal da competição.
 
Após o título da Copa Libertadores, Roque ganhou destaque na equipe alviverde, e em 2000, foi vendido para o Milan, da Itália.  Com a camisa rossonera, Roque Júnior conquistou três dos maiores títulos europeus, a Liga dos Campeões da UEFA, a Copa da Itália e a Supercopa Européia, todos vencidos em 2003.
 
Roque ainda defendeu as cores de Leeds United-ING, Siena-ITA, Bayer Leverkusen-ALE, Duisburg-ALE, e Al-Rayan.
 
Seleção
 
Roque Junior foi titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2002, na Coréia e no Japão, quando a equipe era dirigida por um velho conhecido, o técnico Luiz Felipe Scolari.
 
No Mundial, foram sete partidas vencidas e apenas quatro gols sofridos pela defesa, que era formada por Marcos, Lúcio, Roque Júnior e Edmílson.
 
Em toda sua carreira, segundo conta o livro "Seleção Brasileira ? 90 Anos?, de Antonio Carlos Napoleão e Roberto Assaf, o zagueiro participou de 36 partidas oficiais, sendo que venceu 24, empatou 7 e perdeu 5 vezes, deixando sua marca em 2 oportunidades.
 
Treinador
 
No dia 24 de setembro de 2011, Roque Júnior foi confirmado como novo treinador do XV de Piracicaba. Este foi o primeiro desafio do ex-jogador como técnico de futebol.
 
No entanto, Roque não teve muito sucesso em seu primeiro trabalho como treinador de futebol. Após o início ruim do XV no Paulistão-2015, em comum acordo com a diretoria do clube, o ex-zagueiro foi desligado do cargo em 22 de fevereiro.
 

EM 18 DE JUNHO DE 2018, FERNANDO VANNUCCI COMANDOU O PROGRAMA "A RÚSSIA É LOGO ALI", TENDO COMO CONVIDADOS MILTON NEVES, MENON E ROQUE JÚNIOR. VEJA, ABAIXO, NA ÍNTEGRA

Em 07 de novembro de 2013, o jornalista Vanderlei Lima escreveu uma matéria sobre o ex-zagueiro.
Reprodução internet
 
 

Abaixo, ouça a entrevista de Paulo Turra e de Roque Jr. a Milton Neves, em dezembro de 2013

ver mais notícias
Seleção Brasileira - Em toda sua carreira, segundo conta o livro "Seleção Brasileira - 90 Anos", de Antonio Carlos Napoleão e Roberto Assaf, o zagueiro participou de 36 partidas oficiais, sendo que venceu 24, empatou 7 e perdeu 5 vezes, deixando sua marca em 2 oportunidades.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES