Ricardo Drubscky

Dirigente esportivo, escritor e treinador
por Túlio Nassif

Sebastião Ricardo Drubscky de Campos, mais conhecido por Ricardo Drubscky, nasceu no dia 20 de janeiro de 1960, na capital mineira, Belo Horizonte. Ele é dirigente esportivo, escritor e também treinador. Publicou o livro "O Universo Tático do Futebol  Escola Brasileira".
 
Ricardo é formado em Educação Física pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e iniciou sua carreira como preparador físico nas equipes de base do Cruzeiro em 1986. No ano seguinte, integrou a equipe profissional da Raposa, onde permaneceu até 1988.
 
Após oito anos, ressurgiu no Club Deportivo Universidad Católica del Ecuador como preparador físico, em 1996. Também foi auxiliar técnico em alguns clubes de Portugal e treinador de juniores em clubes do Japão.

Ganhou experiência e tornou-se treinador profissional. Passou por várias equipes, como: Esporte Clube Mamoré (de 1996 a 1997), América-MG (em 1997), Democrata de Governador Valadares (em 1997), Villa Nova (de 1997 a 1999), Ipiranga de Manhuaçu (em 1999), Atlético-MG (de 1999 a 2001), Araçatuba (de 2001 a 2002), Botafogo-PB (em 2002), Valeriodoce (de 2002 a 2003) e Ipatinga (em 2003).

Na década de 2000, ficou longe da beira dos gramados e atuou como gerente e coordenador do departamento de futebol de equipes como Cruzeiro, Atlético-PR, Ipatinga, América-MG o e Atlético-MG.

Voltou a treinar e comandou o Caxias-RS (de 2010 a 2011), novamente o Ipatinga (em 2011), Monte Azul (em 2011), Tupi-MG (em 2011) e Volta Redonda (em 2012).

Tinha apenas dois títulos no currículo: o Campeonato Paraibano de 2002, pelo Botafogo-PB e a Série D de 2011, pelo Tupi-MG.

Em junho de 2012 foi anunciado como treinador do Clube Atlético Paranaense. Porém, ficou por apenas duas partidas, virou auxiliar técnico e, após a demissão de Jorginho Cantinflas no dia 4 de agosto, Drubscky voltou ao comando do time paranaense.

O Atlético-PR agiu rápido no final de novembro de 2012. Apenas quatro dias após selar seu retorno à Série A do Campeonato Brasileiro, o time paranaense confirmou a renovação de contrato com o técnico, considerado um dos protagonistas na conquista do acesso. Além da equipe principal, Drubscky acompanharia o trabalho de todas as categorias de futebol do clube.

E no dia 10 de fevereiro de 2013, Drubscky aumentou seu currículo. Com o Atlético-PR conquistou o primeiro título do ano ao vencer o Dínamo Bucareste, da Romênia, na final da Marbella Cup.

Em 8 de julho de 2013 foi anunciada a sua demissão do Furacão, por decisão do então presidente Mário Celso Petraglia, já que a equipe ocupava a penúltima colocação com apenas seis pontos, em seis jogos na Série do Brasileirão.

Poucas horas após confirmar a saída do técnico Arturzinho, o Joinville anunciou a contratação de Ricardo Drubscky, no dia 24 de julho de 2013, como seu novo treinador para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro.
 
Foi anunciado em abril de 2014 como o novo técnico do Goiás, que naquela temporada disputaria o Campeonato Brasileiro da Série A.
 
Teve curta passagem pelo Vitória em 2015, de janeiro a março daquele ano. No mesmo mês, foi contratado pelo Fluminense, que tinha acabado de demitir Cristóvão Borges.
 
Em março de 2015, Drubscky foi anunciado como técnico do Fluminense. A passagem, no entanto, durou pouco.  Dois meses após ser contratado, Drubscky foi demitido, mesmo obtendo cinco vitórias em oito jogos.
 
No dia 25 de agosto de 2015, Drubscky foi apresentado oficialmente como treinador do Osasco Audax. Em 2016, Ricardo teve uma breve passagem pelo Tupi-MG, que chegou ao fim no mês de junho.
 
No América-MG foi dirigente na temporada de 2018, chegando a assumir interinamente o time após a saída de Enderson Moreira, que foi para o Bahia. No fim do mesmo ano acertou com o Tombense para dirigir a equipe no estadual de 2019.
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES