Pedroso

Ex-zagueiro do Garça
José Pedroso, ou simplesmente Pedroso,  morreu em 10 de janeiro de 2021. Pouco antes do Natal de 2020 ele sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral), do qual sofreu sequelas que o levaram a óbito.
 
Pedroso começou sua carreira futebolística em Vera Cruz, sua terra natal, defendendo times varzeanos.

Seu primeiro time profissional foi a Portuguesa Carioca. Depois foi contratado pelo São Bento (Marília), Prudentina (Presidente Prudente), União Bandeirantes (Paraná), Ferroviária de Assis, Guarani (Adamantina), e o Garça, onde jogou por dez temporadas, até o encerramento da carreira. Hoje mora na cidade de Vera Cruz.

Na década de 70, o Garça montou um dos melhores times de sua história. O auge mesmo foi no ano de 1971, quando disputou o "pentagonal" final  da então 2ª Divisão de Profissionais no "Parque Antártica", em São Paulo.

Era um elenco homogêneo, sem a figura do craque . Quem viu este time  no Estádio Municipal "Frederico Platzeck", presenciou grandes espetáculos e jogos de primeira grandeza.

A equipe base era Lula; Ari Lima, Pedroso, Bô e Abegar; Helinho (Índio) e Plínio Dias (Grilo); Toninho, Cláudio Belon, (Rogerinho), Itamar Belasalma e Davi (Osmar Silvestre) - Técnico: Zé Carlos Coelho.

Um dos destaques:  José Pedroso, o beque central e "xerifão" da zaga garcense.  Tinha um futebol voluntarioso  e cheio de garra, firme no desarme e praticamente imbatível nas bolas aéreas. Por isto era respeito por todo interior paulista.
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES