Nenê, o Picuru

Ex-atacante do Santos
Por Raphael Cavaco/ colaborou Carlos Pietro, o Gigi

Cláudio Olinto de Carvalho, o Nenê (ou Picuru), foi atacante do Santos no inédito tricampeonato paulista do clube (60-61-62). Ele morreu na noite de 2 de setembro de 2016, em decorrência de problemas respiratórios, aos 74 anos.

Jogou como coadjuvante no timaço que tinha Pelé, Pepe, Dorval, Mengálvio, Coutinho e Zito. Nascido na própria cidade santista em 1° de fevereiro de 1942, ele vivia na Itália com a família.

Nenê, apelido que também pertenceu a seu pai Hermínio Olinto de Carvalho, outro grande craque da Vila Belmiro na década de 40, começou nas categorias de base do Peixe.

Não tardou para se destacar e, mesmo ainda no juvenil e nos aspirantes, participou das campanhas do time principal nos três títulos estaduais consecutivos.

Apesar das conquistas, só foi assinar contrato como jogador profissional do Santos em 1963. Pelo bom futebol, no mesmo ano despertou interesse do futebol italiano, onde atuou pela Juventus de Turim e Cagliari.
 
No Cagliari, aliás, teve passagem marcante, conquistando o título da temporada 1969/1970, único Campeonato Italiano do clube, que divulgou uma nota sobre a morte de seu ex-jogador. Em um trecho, diz:
 
"Nenê foi o símbolo de uma época. Agora, que já não está conosco, todos nos sentiremos um pouco mais sozinhos. Adeus, Claudio", destacou o site do Cagliari.

CLIQUE AQUI E VEJA A NOTA OFICIAL (EM ITALIANO) PUBLICADA NO SITE DO CAGLIARI, SOBRE A MORTE DE NENÊ
ver mais notícias

Com a camisa do Peixe, Nenê atuou em 54 jogos e marcou 24 gols.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES