Mário Tilico

Ex-ponta-direita do São Paulo
por Rogério Micheletti
 
Mário Tilico, ex-ponta-direita do São Paulo nos anos 80 e 90, hoje mora na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, sua cidade natal, onde trabalha como empresário de jogadores.
 
No fim de 2019 tentava engatar carreira como treinador. Em dezembro foi contratado pelo Olímpia, que disputa a Série A-3 do futebol paulista, mas não chegou nem a estrear na competição. Ficou apenas um mês no comando do time do interio e foi demitido.
 
Ainda teve passagens por Costa Rica-MS, Comercial-MS, CSA, Marinho-RJ e River-PI, além de ter sido auxiliar técnico no Lajeadense, Sampaio Corrêa, Brasil de Pelotas, Remo e Juventude.
 
Ele começou a carreira de jogador no Vasco da Gama, mas explodiu jogando pelo Náutico. Em 1988, em uma transação considerada milionária pela imprensa pernambucana, Tilico deixou a equipe Timbu para jogar no São Paulo.
No Morumbi, o rápido ponta venceu a desconfiança dos tricolores aos poucos. Acabou virando uma espécie de talismã na equipe são-paulina. Marcou gols em partidas decisivas do Paulista de 89 (São Paulo 1x0 São José, primeiro jogo) e Brasileiro de 91 (São Paulo 1x0 Bragantino, primeiro jogo).
 
Depois do Tricolor, Tilico atuou no Cruzeiro, sendo campeão da Supercopa da Libertadores de 1991 (marcou inclusive o gol do título) e foi jogar em equipes médias do futebol espanhol. Retornou ao Brasil e passou por várias equipes, entre elas o Fluminense e o Juventude.
 
Mário Tilico, que é filho do ex-atacante Mário (atuou no Vasco da Gama nos anos 50), disputou 115 jogos (48 vitórias, 43 empates e 24 derrotas) e marcou 23 gols (números do "Almanaque do São Paulo", de Alexandre da Costa).
 
Em 2009, Mário Tilico começou a trabalhar como treinador, dirigindo o River, de Teresina. Nos 13 jogos à frente da equipe sofreu apenas uma derrota e terminou a Copa Piauí em terceiro lugar.
 
Ainda sobre Mário Tilico, no dia 30 de novembro de 2008, o site Terceiro Tempo recebeu de Anderson Quaglio (andersonquaglio@yahoo.com.br), o seguinte e-mail:
 
"Olá
Seria possivel o Milton Neves prestar uma homenagem ao Mário Tilico, jogado do São Paulo que fez o Gol do título paulista em 89... a embaixada são-paulina do Rio de Janeiro ficaria imensamente felliz....
 
Neste dia 30-11 ele esteve presente em nosso encontro, foram mais de mil torcedores em pleno o Rio, para assistir ao jogo São Paulo x Fluminense - infelizmente não levamos o titulo ainda... mas nem por isso deixamos de festejar.... seguem as fotos da homenagem que prestamos ao grande jogador:
Obrigado"
ver mais notícias

Pelo São Paulo:

Atuou em 115 jogos, sendo 48 vitórias, 43 empates e 24 derrotas. Marcou 23 gols.
Fonte: Almanaque do São Paulo, de Alexandre da Costa.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES