Luís Enrique

Ex-meia e técnico
por Diogo Miloni

Luís Enrique Martinez García, mais conhecido como Luís Enrique, é um ex-meio-campista espanhol que tornou-se treinador. Em 9 de julho de 2018, assumiu o comando técnico da seleção espanhola. Em junho de 2019, alegando problemas familiares, pediu demissão do cargo. 
 
Natural da pequena cidade de Gijón, no extremo norte espanhol, Luís Enrique nasceu no dia 8 de maio de 1970 e começou no futebol aos 18 anos, profissionalizando-se no Sporting Gijón, o maior clube da região.
 
Entre 1989 e 1991, o meia defendeu a equipe vermelha e branca e destacou-se por sua qualidade ofensiva e ótimo passe, despertando o interesse dos gigantes Real Madrid e Barcelona.
 
Na batalha pelo jogador, melhor para o time da capital. Em 1992, os merengues acertaram a contratação do atleta, que chegou como uma das principais revelações do futebol espanhol naquela época.

Antes de adquirir sequência pelo Real, o meio-campista foi convocado para o plantel da Seleção Espanhola pré-olímpica, que participou dos Jogos de 1992, em Barcelona, conquistando a medalha de ouro.

A cena mais curiosa e assustadora da carreira de Luís Enrique aconteceu na Copa do Mundo de 1994, diante da Itália, na fase de quartas de final. No duelo com Mauro Tassotti pela posse da bola, o italiano acertou uma cotovelada violenta, não vista pelo juiz, que culminou com a substituição do espanhol.

Nos anos em que vestiu a camisa branca do Real Madrid, o atleta nunca foi unanimidade. Alternando ótimas atuações e jogos apagadíssimos, Luís tornou-se nome passível de transferência no plantel madridista.

Em 1996, o Barcelona acertou a vinda do cidadão de Gijón com a expectativa de refazê-lo um grande craque. Como principal garçom de Ronaldo "Fenômeno", a mudança deu certo. Enquanto o brasileiro fez incríveis 34 gols no Campeonato Espanhol, o armador das Astúrias balançou as redes 17 vezes, sua melhor marca na competição.

Foram oito temporadas na Catalunha, aposentando-se em 2004. Luís Enrique entrou para o seleto grupo de jogadores que foram bem nos dois maiores rivais da Espanha.

Criou-se como treinador no próprio Barcelona, atuando nas categorias de base da equipe azul e grená. Foi responsável pela formação de grandes jogadores que mais tarde assumiriam papel fundamental na equipe principal.

Em 2011, saiu das categorias de base do Barcelona para comandar o time principal da Roma e após um "Calcio" pífio no comando da Squadra Gillarossi (7ºcolocado) foi demitido pela diretoria em 10 de maio de 2012. 
 
Em 18 de junho de 2013, foi apresentado como técnico do Celta de Vigo, da Espanha. 
 
No dia 19 de maio de 2014, Luís Enrique foi anunciado como técnico do Barcelona. O ex-jogador assinou um contrato de dois anos com o time catalão. Em 1º de março de 2017, após a vitória do Barça por 6 a 1 sobre o Sporting Gijón, pelo Campeonato Espanhol, o comandante anunciou que só permaneceria no cargo até junho daquele ano.

Foto: iG/AFP
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES