Luciano Dias

Ex-zagueiro e técnico

Luciano, o Luciano Williams Dias, zagueiro do Grêmio e do Corinthians nos anos 90 e 2000, hoje é técnico de futebol profissional.

No ano de 2020 comandava o Monte Azul, na disputa da Série A-2 do Campeonato Paulista.

 

Em maio de 2016, foi anunciado como novo técnico do Sergipe. No primeiro semestre de 2017, dirigiu o Comercial de Ribeirão Preto na Série A3 do Campeonato Paulista.

Nascido no dia 25 de julho de 1970, em Porto Alegre (RS), Luciano fez parte do elenco vitorioso gremista comandado por Luiz Felipe Scolari.

Entre as conquistas, estão a Libertadores de 1995, o Brasileiro de 1996 e a Copa do Brasil de 1997.

Alto, com bom cabeceio, Luciano foi reserva imediato do paraguaio Rivarolla e do quarto-zagueiro Adilson. Jogava tanto pelo lado direito como pelo lado esquerdo da zaga.

Em 1999, com o aval do técnico Oswaldo de Oliveira, Luciano chegou ao Corinthians. Também foi reserva. Ele atuou em apenas seis partidas com a camisa alvinegra. Foram três vitórias, dois empates e uma derrota (números do "Almanaque do Corinthians", de Celso Unzelte).

Apesar do pouco tempo, Luciano fez parte do elenco corintiano campeão brasileiro de 1999 e campeão do Mundial da Fifa de 2000. Depois do Timão, o zagueiro foi atuar no futebol japonês.

Ele comandou o Rio Preto (SP), que em 2007 conseguiu subir para a elite do futebol paulista.

No segundo semestre de 2008 foi contratado pelo Guarani. Ajudou o time campineiro na boa campanha de acesso para a Série B do Brasileirão. O Bugre estava na Série C.

Legenda da foto do Grêmio de 1996: em pé vemos Arce, Danrlei, Rivarola, Adílson, Luciano e Carlos Miguel; agachados estão Dinho, Jardel, Luis Carlos Goiano, Paulo Nunes e Alexandre Gaúcho.

Por Rogério Micheletti

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES