Leone

O maior lateral-direito da história do Bahia
por Diogo Miloni

Antônio Leone, ou simplesmente Leone, é um ex-lateral-direito muito lembrado por ser o melhor da história do Bahia. Em 14 de junho de 2011, na cidade mineira de Vespasiano, o ídolo veio a falecer por conta de um câncer no fígado.

Natural do Rio de Janeiro, Leone nasceu no dia 29 de janeiro de 1931 e começou sua carreira no Flamengo, clube que defendeu de 1952 até 1955. Realizando 63 jogos, com 35 vitórias, 17 empates e 11 derrotas, segundo o "Almanaque do Flamengo?, de Roberto Assaf e Clóvis Martins.

Apesar de vencer títulos pelo Rubro-Negro, o sucesso nacional aconteceu mesmo com a camisa do Bahia.

Em 1959, o Tricolor Baiano fez uma grande campanha na Taça Brasil e chegou à final da competição diante de ninguém menos que o Santos de Pelé. À época, a equipe nordestina tinha uma equipe experiente e muito técnica, que fez frente aos temidos paulistas.

Além de ser capitão da equipe, nas partidas decisivas, Leone teve a dura missão de marcar Pepe, o Canhão da Vila, que atuava pelo lado esquerdo do ataque santista. Função que exerceu com maestria, ajudando o Bahia a conquistar o primeiro titulo nacional da história do país.

Na década de 90, já aposentado, o ex-lateral-direito voltou a figurar na equipa baiana, mas dessa vez como treinador.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES