Klose

Atacante do Bayern, Lazio e Seleção Alemã

por Túlio Nassif

Se engana quem pense que o atacante nasceu na Alemanha e seu nome é Miroslav Josef Klose. Ele nasceu no dia 9 de junho de 1978, em uma cidade do Sul da Polônia, chamada Opole, mas se naturalizou alemão e, seu nome original, em polonês, é Miroslaw Marian Kloze.

Devido à naturalização, Klose pôde defender a seleção alemã ao invés da polonesa. Sua primeira convocação foi em 2001. O bom desempenho lhe rendeu um lugar cativo na Seleção, fazendo com que disputasse quatro mundiais. Na Copa do Mundo de 2002, marcou cinco gols; na de 2006, marcou mais cinco e foi artilheiro desta edição, onde recebeu o prêmio Chuteira de Ouro, concedido pela FIFA; na de 2010, anotou outros quatro gols, igualando-se a Gerd Müller na segunda colocação da lista dos maiores artilheiros de Copas do Mundo com 14 gols, ficando somente atrás de Ronaldo Fenômeno, com 15; na de 2014 balançou as redes mais duas vezes, superando o brasileiro em 8 de julho de 2014, quando marcou um dos sete gols da Alemanha na goleada sobre o Brasil, por 7 a 1, na semifinal da Copa, no Mineirão, em Belo Horizonte. Neste Mundial de 2014, o atacante, após bater na trave três vezes, conseguiu o tão esperado título de campeão do mundo, depois de uma vitória sobre a Argentina por 1 a 0 já na prorrogação. Além disso, ele é o maior artilheiro da história da Seleção Alemã. 

Iniciou carreira em 1998, no FC Homburg, onde jogou apenas uma temporada. Transferiu-se para o Kaiserslautern, onde ficou até 2004.

A boa presença na área e o faro de gols, tanto na seleção como no clube, chamaram a atenção do Werder Bremen, que o contratou após a conquista da Bundesliga para substituir o brasileiro Aílton.

Apesar das inúmeras lesões, quando defendia a equipe de Bremen, foi um dos principais jogadores da equipe, sendo artilheiro por lá também. Em 2007, deixou o clube com apenas um título, a Copa da Liga Alemã de 2005/06, para assinar com o Bayern de Munique. Um dos fatores de sua saída teriam sido desavenças com o colega Torsten Frings.

Klose não poderia começar melhor. Estreou bem no time bávaro e já na temporada que chegara ao novo time, conquistaria a Copa da Liga Alemã de 2006/07. Os títulos não pararam por aí, ganhou também o Campeonato Alemão de 2007/08, a Copa da Alemanha de 2007/08 e 2009/10. Além deste último título, chegou com o Bayern a final da Liga dos Campeões, perdendo na final.

Com dificuldades para jogar e reserva na maior parte, Klose marcou apenas um gol. Após o final da temporada 2010/11 e sem contrato com o time alemão, confirmou sua saída do Bayern para a Lazio, clube italiano.

Pelo time da capital, sagrou-se campeão da Copa da Itália 2012/13.

E o que poderia ser um grande desafio, se tornou algo fácil de se alcançar. Convocado pela Seleção Alemã para sua quarta Copa, Klose chegou no Brasil para bater o recorde do brasileiro Ronaldo Fenômeno, de 15 gols em mundiais. A obsessão virou realidade no dia 21 de junho de 2014, na segunda partida da Alemanha, esta, contra Gana. O atacante saiu do banco de reservas e empatou o sofrido e disputado duelo. O recorde veio contra o Brasil, o país do Fenômeno. Na goleada de 7 a 1 sobre os donos da casa, Klose marcou um dos gols e conseguiu a grande marca de 16 gols em Copas do Mundo.

Em agosto de 2014 decidiu que não atuaria mais pela seleção alemã. Aposentou-se como campeão do mundo.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES