Kerlon, o Foquinha

Cruzeiro e Ajax
por Marcos Júnior Micheletti
 
Depois de passagem pelo futebol da Eslováquia, defendendo o Spartak Trnava em 2017, Kerlon encerrou sua carreira aos 29 anos, em razão de inúmeras lesões. Ao longo de sua carreira passou por seis cirurgias nos joelhos e duas nos tornozelos.
 
O atacante mineiro Kerlon Moura de Souza, o "Foquinha", que ficou conhecido pelo "drible da foca", nasceu na cidade de Ipatinga em 27 de janeiro de 1988, iniciando profissionalmente pelo Cruzeiro, aos 17 anos, em 2005.
 
O drible, dominando a bola com a cabeça, lhe rendeu o apelido de "Foquinha", e ganhou notoriedade internacional a partir do Sul-Americano Sub-17 de 2005, disputado na Venezuela, em que o Brasil se sagrou campeão e Kerlon foi o artilheiro (com oito gols) e eleito o melhor jogador da competição.

A habilidade ímpar do jogador nem sempre era vista com bons olhos pelos adversários que, invariavelmente, o derrubavam, alegando que ele estava agindo com menosprezo, entre eles o ex-lateral atleticano Coelho, que foi expulso após uma cotovelada no cruzeirense, durante um clássico entre as duas equipes em 2007, com vitória do Cruzeiro por 4 a 3.

As lesões acabaram prejudicando a carreira do jogador no Cruzeiro, que passou por três cirurgias: primeiro no tornozelo esquerdo, e em ambos os joelhos, que acabaram o afastando dos gramados por vários meses.

Kerlon defendeu o Cruzeiro até 2008, quando transferiu-se para o futebol europeu, onde passou primeiro pela Itália (Chievo e Internzionale) e depois foi emprestado para o Ajax, da Holanda, onde sofreu uma nova grave lesão, mais uma vez no joelho esquerdo.

De volta ao Brasil, jogou entre 2011 e 2012 pelo Paraná e Nacional-MG, passando em seguida a defender o Fujieda MYFC, clube da 3ª divisão do Japão.
 
Após um ano se recuperando de outra grave lesão no joelho e sem contrato com qualquer clube, Kerlon assinou com o Miami Dade FC, da NAL (National Adult League), clube da quarta liga do futebol dos Estados Unidos.
 
Em seguida passou por Silema Wandereres (Malta), Villa Nova (MG) e Spartak Trnava (Eslováquia), seu último clube, em 2017.
ver mais notícias
Pela Seleção Brasileira (Sub-17 e Sub-20):

Atuou em 35 jogos e marcou 21 gols.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES