Indio

Ex-centroavante do Flamengo e Corinthians
por Milton Neves
 
Grande centroavante paraibano do Flamengo e do Corinthians nos anos 50, Aloísio Francisco da Luz, o Índio, mora no Rio e é instrutor do Instituto Brasileiro de Assistência ao Futebol Brasileiro (IAFB) na Pavuna (aliás, onde nasceu Juary, ótimo centroavante do Santos, em 1978).
 
Índio brilhou no Flamengo e fez parte da Seleção Brasileira na Copa de 1954, na Suíça. Em 1957, ele foi contratado pelo Corinthians, sendo vice-campeão paulista.
 
Pelo alvinegro, em 101 jogos, Índio m
arcou 52 gols, uma média superior a meio gol por partida, segundo o Almanaque do Corinthians de Celso Unzelte.
 
Depois do Corinthians, Índio foi defender o Español, de Barcelona e também atuou no Flamengo, por 202 jogos, sendo 127 vitórias, 38 empates e 37 derrotas. Marcou 134 gols. Esses números constam do Almanaque do Flamengo, de  Roberto Assaf e Clóvis Martins.
 
O gol mais importante da carreira de Índio foi em 1957, pela Seleção Brasileira nas eliminatórias simples contra o Peru para a Copa da Suécia de 1958.

Foram só dois jogos, valendo apenas uma vaga. Na primeira partida, em Lima, capital do Peru, o Brasil perdia por 1 a 0, mas Índio empatou.
 
Já no segundo jogo, foi 1 a 0 para o Brasil, no Maracanã, gol marcado por Didi, de "folha-seca". Aí o Brasil classificou-se duramente para o Mundial da Suécia, mundial que venceríamos um ano depois.

Índio, porém, não foi à Copa. Vicente Feola optou por Mazzola, Dida, Vavá e "um certo" Pelé...
ver mais notícias

Pelo Corinthians:

Atuou em 101 jogos e marcou 52 gols.
Fonte: Almanaque do Corinthians, de Celso Unzelte

Pelo Flamengo:


Atuou em 202 jogos, sendo 127 vitórias, 38 empates e 37 derrotas. Marcou 134 gols.
Fonte: Almanaque do Flamengo, de Roberto Assaf e Clóvis Martins

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    13
  • 2 Atl
    12
  • 3 São
    11
  • 4 San
    10
  • 5 Int
    9
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES