Geraldo Bretas

Ex-comentarista de TV
Geraldo Bretas, o mais polêmico comentarista esportivo da história da TV brasileira, morreu no dia 6 de janeiro de 1981, aos 67 anos, um ano antes da Copa da Espanha.
 
Natural de Uberaba-MG, onde nasceu em 17 de maio de 1914, Joé Geraldo Bretas "parava" São Paulo quando, pela Rádio ou TV Tupi, "metia o pau" nos cartolas, árbitros e jogadores. Mas nunca ofendia ninguém.
 
Bretas não era um "delinqüente verbal", essa praga que hoje assola parte da crônica esportiva que usa desse expediente para mascarar o asqueroso sentimento da inveja.
 
Geraldo Bretas foi único e, além de estrela nas Rádios Tupi e Difusora e na TV Tupi, trabalhou também na TV Gazeta e chegou a fundar um jornal chamado "Mundo Esportivo".
 
Polêmica de 1958
 
Geraldo Bretas nunca foi de ficar sobre o muro. Falava o que pensava. Por isso, às vezes, gerava polêmica. O comentarista, seis meses antes da Copa da Suécia, falou insistentemente que não acreditava no time brasileiro.
 
Por isso, assim que chegaram ao país com a taça na mão, cartolas e jogadores brasileiros não economizaram palavrões contra Bretas, que à época trabalhava para a Rádio e Televisão Tupi.
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES