Daniela Freitas

Modelo e apresentadora de TV
A apresentadora e modelo Daniela Freitas foi assistente de palco do jornalista Milton Neves no programa "Super Técnico", na Rede Bandeirantes, entre 2000 e 2001, e no "Terceiro Tempo", da Rede Record de Televisão, em 2001.
 
Foi casada com o empresário, publicitário e piloto Pedro Queirolo, com quem aprendeu a se organizar e investir em novos negócios, como restaurantes.

Em 18 de dezembro de 2009, nasceu em São Paulo, na maternidade São Luiz, seu primeiro filho. O parto foi uma cesariana e a criança foi batizada com o mesmo nome do pai, Pedro. Em 1º de setembro de 2010, foi oficializada a relação de mais de cinco anos do casal, através de cerimônia realizada pelo pastor Luiz Longuini. Em março de 2013, nasceu o segundo filho do casal.

Em 2011 retornou à Band para apresentar o programa  "Band Clássicos", programa que teve apenas uma temporada de duração.
 
Carreira

 Em agosto de 2003, Daniela Freitas foi contratada pelo SBT para realizar reportagens para o "Falando Francamente", comandado por Sônia Abrãao.

Em seguida, já formada em jornalismo, ela passou a ser comentarista esportiva do Jornal do SBT 1ª Edição. Deixou o SBT em agosto de 2005. No final do mesmo ano, ela assinou com a TV Corinthians, do Canal 21, um programa do Sport Club Corinthians Paulista, time de coração da apresentadora, onde teve rápida passagem. Em meados de 2006, Daniela foi contratada pela Rede TV! como repórter do programa "Amaury Jr".

Ao lado de Milton Neves, ela trabalhou também no "Supertécnico", da Rede Bandeirantes de Televisão, e no "Debate Bola", da Rede Record. Daniela apareceu na mídia pela primeira vez ao disputar a final do concurso "A nova loira do Tchan", promovido pelo Domingão do Faustão. Na ocasião, ele perdeu a final para Sheila Mello. Ela ainda posou nua para revistas masculinas e foi casada com o ator Alexandre Frota.
Daniela é apresentadora da atração "Band Clássicos", da Band.

Foto: Marcos Júnior/Portal TT

Veja abaixo a matéria publicada com a apresentadora Daniela Freitas no UOL,  dia 19 de abril de 2013:

Afastada por gravidez, apresentadora Dani Freitas tem futuro incerto na Band


Afastada desde outubro do ano passado em função de sua segunda gravidez, a modelo e apresentadora Daniela Freitas tem futuro incerto na Band após seu futuro retorno, mas diz não estar preocupada com o fato no momento.

Dani estava desde 2011 apresentando o programa Band Clássicos. Ficará ainda mais seis meses longe da TV pela licença maternidade e tem contrato com a emissora até o final desse ano.

"O programa está parado, e quando eu voltar da licença vamos ver como vamos tocar isso aí. Eu não penso muito nisso [futuro] agora. É momento de curtir o filho. Tivemos uma conversa quando encerramos o programa. Era muito gostoso de fazer. A hora que acabar a licença maternidade vamos nos reunir e conversar para definir o que fazer.

"Agora passo um momento que toda mulher gostaria de ter. Engravidar e ter um tempo a mais pra você. Não tenho pressa para voltar. Estou feliz da vida agora?, continuou.

Dani faz faculdade de direito, mas não tem definido se pretende trabalhar na área. "É um curso que desde que eu me formei no colégio queria ter feito, mas a vida foi me empurrando e acabei fazendo outra faculdade. Sempre quis. Estou cursando, apaixonada, gosto muito, não sei se vou ficar na área, mas pretendo fazer estágio futuramente.

Carreira

Dani Freitas apareceu em 1998 na TV como uma modelo que postulava uma vaga para substituir Carla Peres em concurso "A Nova Loira do Tchan!? transmitido pelo programa Domingão do Faustão, na Globo. Ficou em segundo lugar, atrás de Sheila Mello.

Mas foi o suficiente para ingressar em outro grupo baiano, Companhia do Pagode, para uma turnê de axé. Depois de um tempo, decidiu sair e se aventurar em outros meios. "Era época do axé, muito bem divulgado. Todo mundo curtia. Foi uma fase muito legal pra quem gostava de dançar como eu gostava.  Nunca pensei que fosse viver aquele momento. Mas resolvi sair porque em determinado momento já tinha dado. Comecei a fazer aulas de circo, teatro. Tentei de tudo. Queria estar preparada para quando pintasse algo bacana.

Sua carreira no jornalismo decolou a partir de 2001, quando concorreu com outras modelos para ser assistente de palco de Milton Neves no extinto programa Super Técnicos, da Band. Foi selecionada pelo próprio apresentador e passou a acompanhá-lo também quando migrou para a Record, no Debate Bola.

"Fiz um teste, mas nunca tinha pensado em trabalhar com esportes. Fiz o teste com ele e falei pra caramba. Eu estava super envolvida com futebol nessa época, como torcedora e de opinião mesmo. Falei muito nos testes e disse muito sobre o que pensava. Eu me preparei bastante?, lembra.
 
"Ele [Milton] é meu padrinhão. Teve uma época que fiquei desempregada e ele me ajudou bastante a ir pra outro lugar. Quando uma pessoa não me pagou salário, ele foi pra cima e cobrou. É meu amigo e um cara que carrego no coração.
 
Passou depois pelo SBT como repórter de esportes radicais do programa Falando Francamente, Sônia Abrão. Virou comentarista de esportes do Jornal do SBT e depois trabalhou na TV Corinthians, em 2005.

"Foi muito legal por eu estar mais perto do time que eu torço. Foi uma experiência bacana. Tive bastante contato com jogadores do clube, ficava lá quase todo dia fazendo entrevistas com os atletas.

Se formou em jornalismo e trabalhou entre 2006 e 2008 fora do esporte, como repórter do apresentador Amaury Jr. "Queria ter experiência como repórter num ramo diferente. Tive a chance de imprimir minhas características, me deu espaço pra criar um quadro sobre o que queria".

Em 16 de dezembro de 2001, dia em que SBT e Rercord fizeram transmissão em conjunto, ao vivo, durante os programas "Casa dos Artistas" e "Terceiro Tempo".

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES