Felipão foi vice-campeão da Euro de 2004 com Portugal. Crédito FSP - AP/AP

Felipão foi vice-campeão da Euro de 2004 com Portugal. Crédito FSP - AP/AP

O futebol brasileiro vive um momento atípico, com grande importação de treinadores estrangeiros pelos nossos clubes. Além dos multicampeões Abel Ferreira (que segue em terras tupiniquins) e Jorge Jesus, e do recém-contratado Paulo Sousa (todos portugueses), passaram por aqui recentemente outros dois portugueses, Jesualdo Ferreira e António Oliveira, os argentino Sampaoli, Holán e Dabove, o espanhol Miguel Ángel Ramírez, e estão em nossos campeonatos atualmente, além de Abel, o argentino Vojvoda e o uruguaio Pezzolano.

Mas o caminho inverso também já foi traçado, e não só para mercados alternativos como a Ásia e o mundo árabe. Treinadores brasileiros já foram “exportados” para o futebol europeu e tiveram sucesso no Velho Continente.

RELEMBRE SETE TREINADORES BRASILEIROS QUE TIVERAM SUCESSO NA EUROPA

Marinho Peres

Zagueiro da seleção na Copa de 74, Marinho Peres fez carreira europeia como jogador, defendendo o Barcelona e, mais tarde, retornou ao Velho Continente como treinador. Lá, o ex-defensor comandou Belenenses, Vitória de Guimarães, Sporting, Marítimo, todos de Portugal. No Belenenses, inclusive, foi campeão na Taça de Portugal em 1989 e virou ídolo.

CLIQUE AQUI E RELEMBRE A CARREIRA DE MARINHO PERES

 

Abel Braga

Outro nome que fez carreira como treinador em Portugal foi Abelão, que trabalho no rio Ave, Famalicão, Belenenses, Vitória de Setubal. Além disso, o treinador do Fluminense passou também pelo Olympique de Marselha, da França.

CLIQUE AQUI E RELEMBRE A CARREIRA DE ABEL BRAGA

 

Felipão

Embora não tenha conseguido sucesso comandando o Chelsea, Felipão brilhou como treinador da seleção de Portugal, onde foi vice-campeão da Euro de 2004 e quarto colocado na Copa do Mundo de 2006.

CLIQUE AQUI E RELEMBRE A CARREIRA DE FELIPÃO


Otto Glória

Outro nome brasileiro que teve sucesso na seleção portuguesa foi Otto Glória, técnico que comandou os patrícios na Copa de 1966, quando os portugueses terminaram na terceira posição. O brasileiro ainda comandou Sporting, Benfica, Belenenses e Porto, todos em Portugal, Olympique de Marselha, da França, e Atlético de Madrid, na Espanha.

CLIQUE AQUI E RELEMBRE A CARREIRA DE OTTO GLÓRIA


Carlos Alberto Silva

Com uma longa história em diversos clubes brasileiros e campeão brasileiro com o Guarani em 1978, Carlos Alberto Silva foi bicampeão português com o Porto no início dos anos 90 e ainda passou pelo Deportivo La Coruña.

CLIQUE AQUI E RELEMBRE A CARREIRA DE CARLOS ALBERTO SILVA

 

Zico

O Galinho de Quintino ficou marcado como treinador por trabalhos fora do eixo tradicional do futebol, como na seleção japonesa, por exemplo. Na Europa, porém, Zico fez grande trabalho no Fenerbahce, da Turquia, quando conquistou o campeonato nacional em 2007 e fez grande campanha na Champions League.

CLIQUE AQUI E RELEMBRE A CARREIRA DE ZICO

 

Ricardo Gomes

Ex-zagueiro da seleção brasileira, Ricardo Gomes fez carreira como jogador na França e iniciou sua carreira como treinador por lá. Em solo francês, Ricardo comandou o Paris Saint-Germain, o Bordeaux e o Monaco.

CLIQUE AQUI E RELEMBRE A CARREIRA DE RICARDO GOMES

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa