Zé Pequeno

Ex-ponta-esquerda de Muzambinho
por Milton Neves
 
Zé Pequeno, o José Ribeiro da Silva, marcante ponta-esquerda do Comércio Futebol Clube de Muzambinho durante os anos 60 e 70, morreu naquela cidade mineira no dia 20 de novembro de 2009, deixando esposa, uma filha, dois filhos e um neto, que em março de 2010 foi aprovado em teste no Santos Futebol Clube.
 
Casado com Alice Padilha, uma filha, o querido Zé Pequeno, meu velho companheiro de jogos de sinuca no "Bar do Nem Carli" e na "Sinuca do Chico" , ao lado do Cine São José e do Bar Majestic, lá em Muzambinho, era alfaiate.
 
Morreu no mesmo dia e hora de outro craque de Muzambinho, o querido Pedro Cartucheira e, por uma dessas obras do destino, foi Zé Pequeno, com suas hábeis mãos de alfaiate, quem confeccionou o terno com que Pedro Cartucheira foi sepultado.
 
Mas nunca deixou de bater sua bolinha aos domingos pela manhã no "Estádio" Professor Antonio Milhão, na Barra Funda ou no campo do Seo Jair, ao lado do cemitério.
 
Hoje, lá no céu, seguirá jogando, sempre incansável e como formiguinha, junto com Gustão, Zé Sprita, Pedro Cartucheira, Candoca e Paulo Pingaiada, seus velhos companheiros do "Cumércio", o 2º time de Muzambinho. O primeiro era o "Milionário" BFC, o Bandeirantes Futebol Clube, time semi-profissional dos anos 60 que foi fundado pelos saudosos Pedro Viola e Nilo Bortolotti.
 
Aliás, fosse vivo, o Seo Nilo estaria hoje muito feliz com um de seus netos que é repórter de "Veja", no Rio de Janeiro.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES