Serginho Leite

Humorista e compositor
por Marcos Júnior
 
Sérgio de Souza Leite, o Serginho Leite, faleceu aos 55 anos, em 12 de abril de 2011, vítima de infarto.
 
Ele passou mal no dia anterior e foi internado na UTI do Hospital das Clínicas, zona sul de São Paulo.
Serginho era casado com Tânia Leite, com quem teve dois filhos: Pedro e João.
 
Grande imitador, foi um dos grandes nomes do "Show de Rádio" da Jovem Pan, fazendo vozes como Pelé, Maguila, Paulinho da Viola, Vicente Matheus e Clementina de Jesus, entre outros.
 
Violonista e compositor, fez inúmeras paródias e também criou jingles e participou de campanhas publicitárias, emprestando sua marcante voz para personagens como o "Tigrão" dos Sucrilhos Kellog´s e o Elefante da Cica.
 
Serginho começou fazendo shows como violonista aos 17 anos, em bailes e orquestras na TV Tupi, em São Paulo.
Em televisão, Serginho participou de programas na TV Cultura, Record e Globo, mas foi no rádio que sua carreira ganhou maior notoriedade, como uma das principais vozes do "Show de Rádio" da Jovem Pan, um programa ao vivo, que começava tão logo terminava a rodada do futebol, com improvisações e imitações que contagiaram o público ouvinte nos anos 70 e começo dos anos 80.
 
Paralelamente ao trabalho na Jovem Pan-AM, ancorou um programa de notícias na Rádio Cidade FM, e por questões contratuais não apresentava-se como humorista, pois nesse setor era exclusivo da Jovem Pan.
 
Com o crescimento das FMs, Serginho passou para a Jovem Pan-FM, onde apresentou um programa musical.
O Brasil vivia a ditadura militar no começo dos anos 80 e as paródias musicais de Serginho Leite lhe renderam alguns problemas, quando o humorista foi diversar vezes levado  por policiais ao término dos programas para prestar esclarecimentos.
 
Depois teve uma passagem pelo Sistema Globo de Rádio, onde atuou na Rádio Globo FM e na Excelsior AM, também do mesmo grupo.
 
Voltou a fazer o "Show de Rádio" pela Rádio Capital-AM em 2005, tendo ao seu lado nomes como Weber Laganá Pinfari, Luis Henrique Romagnoli, Norival Rizzo, Babú, Doni Vieira, Olivério Júnior, e seu filho, Pedro Leite.
Serginho sofreu problemas com alcoolismo e teve momentos de melhora e recaídas, e preparava-se para montar um novo show, segundo informação de seu amigo Weber Laganá Pinfari.
 
Foto enviada por Cayami da Graça Martins

Confira abaixo a nota da Folha de S. Paulo sobre a morte de Serginho Leite

SÉRGIO DE SOUZA LEITE (1955-2011)

Um humorista do rádio e da TV

DE SÃO PAULO

O humorista e radialista Sérgio de Souza Leite, conhecido como Serginho Leite, morreu ontem, em São Paulo, aos 55. A causa da morte foi um infarto do miocárdio.

Ele deu entrada no HC (Hospital das Clínicas) às 11h15 de ontem, segundo a assessoria do local. Apesar de ter sido atendido pelas equipe de emergência do HC e do InCor (Instituto do Coração), ele morreu às 14h50.

Serginho Leite era conhecido por fazer imitações de personalidades no rádio. Ficou famoso pelo "Show de Rádio", da Jovem Pan.

O sucesso no meio fez o trabalho migrar para o teatro, formato para o qual adaptou seus programas. Apresentou-se nos palcos do Tuca e Zaccaro, entre outros.

As imitações também ganharam a televisão. No programa "A Praça É Nossa" (SBT), ele imitou nomes como Pelé, Maguila, Paulinho da Viola e Clementina de Jesus. Também trabalhou no programa "Domingão do Faustão", da Globo.

Violonista e compositor, ficou famoso no meio publicitário por jingles e por campanhas. Era a voz do Tigre Tony, dos Sucrilhos Kellog´s, do boneco Bond Boca, garoto-propaganda do Cepacol, e do elefante Jotalhão, do molho de tomate Cica.

Atualmente, segundo informações de amigos, Serginho tinha elaborado um espetáculo para o teatro e só aguardava a aprovação pela Lei Rouanet para estreá-lo.

O humorista deixa viúva e dois filhos.

 Abaixo, veja Serginho Leite participando do programa "A Praça é Nossa", pelo SBT, em 2008

Confira abaixo a entrevista de Serginho para o "Personalidade", publicado na coluna de Milton Neves no jornal Agora S. Paulo em 9 de agosto de 1998

Qual o seu time ?
São Paulo.

Qual o jogo que mais o marcou?
São Paulo 1x1 Corinthians, em 1967. Maldito Benê.

Qual a sua Seleção de todos os tempos?
Abelha; Cláudio, Marião, Fonseca e Denis; Sudaco, Edmílson e Propitti; Tangerina, Tião Abatiá e Agenor. No banco: Diede Lameiro, Zoé, Vadinho, Toninho II e Falcão.

Qual o melhor e o pior esporte?
Futebol e Vôlei, de homem e de mulher e de quadra e de areia.

Em que rádio você ouve futebol?
Trabalho Domingo no Faustão e não ouço nada.

A revista que você lê.
Época.

Qual o melhor e o pior presidente da história do Brasil ?
FHC e José Sarney. Imbatível.

Seu maior ídolo.
Paulinho da Viola.

Cite um gênio da bola?
Pelé e Roberto Dias.

Narrador Esportivo de TV e de rádio.
Walter Abrahão e Joseval Peixoto.

Comentarista esportivo de TV e de rádio.
Mário Moraes e Carlos Aymard.

Repórter esportivo de TV e de rádio.
Ely Coimbra e Wanderley Nogueira.

Apresentador esportivo de TV e de rádio.
Léo Batista e Cláudio Zaidan.

Apresentador de auditório de TV.
Flávio Cavalcanti.

Jornalista de TV.
Tico- Tico. Cadê o Tico- Tico?

Programa esportivo de TV.
30 Minutos ESPN Brasil e Cartão Verde.

Quem melhor escreve sobre esporte no Brasil?
Mauro Beting.

 

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES