Marcelo Rezende

Jornalista
por Marcos Júnior Micheletti

O carioca Marcelo Rezende, nascido em 7 de agosto de 1951, trabalhou nos últimos anos de vida no programa Cidade Alerta na Rede Record, mesmo programa que ancorou entre 2002 e 2004 pela emissora da Barra Funda. Ele morreu em 16 de setembro de 2017, vítima de câncer no pâncreas e fígado.
 
Em maio de 2017 foi diagnosticado com um tumor no pâncreas com irradiações no fígado e após uma grande batalha pela sobrevivência, no dia 16 de setembro, Marcelo Rezende que estava internado com um quadro de pneumonia, no hospital Moriah, em São Paulo, não resistiu e morreu. 
 
O jornalista deixou cinco filhos, de cinco relacionamentos diferentes, e duas netas, além da namorada, Luciana Lacerda.
 
Trabalhou como repórter esportivo na Revista Placar antes de comandar seu próprio programa, na linha do jornalismo investigativo pela Globo, o "Linha Direta".
 
Depois passou por Rede TV! (Repórter Cidadão e Rede TV! News), Band (Tribunal na TV) e Record (Domingo Espetacular, Repórter Record e o atual Cidade Alerta).
 
Entre seus trabalhos mais marcantes estão a entrevista com Francisco de Assis Pereira, o "Maníaco do Parque" para o Fantástico e a matéria em que denunciou o abuso de autoridade policial na Favela Naval, em Diadema, esta para o Jornal Nacional.
 
Em 15 de agosto de 2017, lutando contra um câncer de fígado e pâncreas, Marcelo Rezende gravou uma mensagem, que segue abaixo, na íntegra:

 
Abaixo, um trecho do "Cidade Alerta" do dia 27 de agosto de 2013, quando Marcelo Rezende contou divertidas "histórias" de Milton Neves



No dia 24 de outubro de 2013, o Portal UOL publicou uma matéria sobre o jornalista Marcelo Rezende. 
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES