Lidio Toledo

Ex-médico da seleção brasileira

Lídio Toledo, médico da seleção brasileira em seis Copas do Mundo, morreu no dia 7 de maio de 2011, aos 78 anos, no Rio de Janeiro, vítima de problemas cardíacos e insuficiência renal.

Pai de três filhos com Eliete Capelli Toledo de Araújo, ele faleceu no Hospital Samaritano, na zona sul da cidade. O ortopedista, que mantinha clínicas particulares em Copacabana e na Barra Tijuca, também dava plantões em hospitais públicos.

O episódio mais polêmico da carreira de Lídio Toledo, que também trabalhou no Botafogo, envolveu o atacante Ronaldo, na Copa da França. O artilheiro teve uma convulsão horas antes da decisão do Mundial contra os donos da casa.

Em fevereiro de 2011, o repórter Paulo Passos, do iG, visitou a clínica de Paris em que o Fenômeno foi atendido. Clique aqui e confira.
No mês seguinte, o zagueiro Júnior Baiano, titular da equipe de Zagallo que perdeu por 3 a 0 para Zidane e companhia, reacendeu a polêmica sobre o caso.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Int
    12
  • 2 Vas
    10
  • 3 Atl
    9
  • 4 São
    10
  • 5 Pal
    8
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES