Leonardo

Ex-zagueiro do Vasco da Gama

Leonardo, o Leonardo de Oliveira Siqueira, foi um zagueiro multicampeão com as camisas do Vasco da Gama e do Atlético-PR no final dos anos 80 e início dos anos 90. Após pendurar as chuteiras, em 2004, o ex-defensor participou de alguns cursos de treinador, chegando a exercer a função no futebol tocantinense. Em dezembro de 2020, Maria Raquel, sua cunhada, entrou em contato com a equipe do Portal Terceiro Tempo para informar que o ex-atleta tinha voltado a viver no Rio de Janeiro-RJ, trabalhando em projetos de escolinhas de futebol.

Leonardo nasceu em 7 de janeiro de 1966, em Magé, município da Baixada Fluminense. Sua carreira no futebol começou nos juvenis do Vasco Gama, em 1981. Cinco anos mais tarde, o zagueiro foi promovido ao time principal, participando de uma fase gloriosa do Gigante da Colina.

Entre 1986 e 1990, período em que defendeu a equipe principal do Vasco da Gama, Leonardo foi duas vezes campeão carioca, em 1987 e 1988, e uma vez campeão brasileiro, em 1989, em final disputada diante do São Paulo Futebol Clube.

Em 1990, foi contratado pelo Atlético-PR, onde teve também uma passagem vitoriosa. No mesmo ano em que chegou ao Paraná, o Furacão venceu o Estadual em decisão realizada contra o rival Coritiba. Nesta temporada, Leonardo foi eleito o melhor zagueiro da competição.

Em 1994, quando deixou o Furacão, Leonardo começou a ter passagens mais curtas por times brasileiros. Primeiramente, defendeu o Blumenau-SC, ainda em 1994. No ano seguinte, seguiu para o Olaria-RJ, tendo na sequência um breve retorno ao Vasco.

Em 1996, vestiu a camisa do América de Rio Preto-SP; em 1997, a do Guarani-SP e a do Ituano; em 1998, foi contratado pelo Democrata-MG; e em 1999 foi jogador do Anapolina-GO. Ainda em 1999, Leonardo voltou ao América de Rio Preto-SP, onde conquistou o título paulista da Série A2.

Leonardo defendeu ainda o Brasiliense, sendo vice-campeão da Copa do Brasil de 2002 (na final, o Corinthians venceu a equipe do Distrito Federal em uma partida com muitas polêmicas de arbitragem); o Goiânia-GO, também em 2002; e o Colinas-TO, onde foi campeão Estadual em 2004, mesmo ano em que decidiu pendurar as chuteiras.

Leonardo é casado com Renata Souza de Marins. Em relacionamentos passados, o ex-atleta teve seis filhos: João Vitor, Thais, Iasmin, Bárbara, Vinícios e Leonardo Filho.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES