Léo Briglia

Ex-atacante do Bahia e Fluminense
por Marcelo Rozenberg/colaborou os jornalistas do "Papo de Bola" e folha esportiva semanal da cidade de Itabuna, na Bahia
 
Léo Briglia, baiano nascido em Itabuna, foi um grande jogador do Bahia e Fluminense. Teve participação decisiva na conquista do tricolor da boa terra da Taça Brasil de 1959 sobre o Santos de Pelé. Residia em sua terra natal, onde se encontrava aposentado. Mas no dia 25 de fevereiro de 2016, o ex-atacante que estava internado no Hospital de Base, em Itabuna, não resistiu e morreu aos 87 anos de idade.

No Flu passou por uma situação curiosa. Em seus primeiros tempos nas Laranjeiras, uma série de contusões não o deixou apresentar um bom futebol. Até que foi descoberto um problema em sua dentição que fez com que vários dentes fossem extraídos. Só então começou a marcar gols.

Os jogos mais importantes de sua vida aconteceram em 1959 na decisão da Taça Brasil entre Bahia e o Santos de Pelé. Em 10 de dezembro, o tricolor venceu na Vila Belmiro por 3 a 2, com gols de Biriba, Léo Briglia e Alencar.

No dia 30 do mesmo mês, o Santos devolveu a derrota inicial marcando 2 a 0 na Fonte Nova. Houve, então, a necessidade da realização de uma partida desempate em campo neutro. No dia 30 de março de 1960, os dois times se encontraram no Maracanã.

Com gols de Vicente, Léo Briglia e Alencar, o Bahia fez 3 a 1 e levantou o título. Ganhou também o direito de representar o Brasil na 1ª edição da Libertadores.
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES