Pedro admitiu que quis ouvir a proposta do Flamengo, mas reiterou respeito ao Fluminense. Foto: Pedro H. Tesch/AGIF/Via UOL

Pedro admitiu que quis ouvir a proposta do Flamengo, mas reiterou respeito ao Fluminense. Foto: Pedro H. Tesch/AGIF/Via UOL

A polêmica negociação entre Flamengo e Pedro, do Fluminense, ganhou novo capítulo neste sábado. O centroavante utilizou as redes sociais para se explicar e admitiu que esteve sim interessado em ouvir a proposta do rival nos últimos dias. O jogador, em seguida, tratou de deixar claro que isso não significa que estaria com o desejo de trocar o Tricolor pelo Rubro-negro.

"Sobre ouvir e querer conhecer qualquer projeto, é uma atitude natural de qualquer profissional. Ouvir não quer dizer sair. Que fique bem claro", disse Pedro em parte do posicionamento divulgado por uma rede social.

Por fim, Pedro reiterou seu carinho pelo Fluminense adquirido ao longo dos seis anos defendendo as cores do clube. O centroavante sabe que o clima com a torcida tricolor não ficou das melhores e ele afirma que jamais teve o interesse de desrespeitar suas origens.

'Tenho seis anos de Fluminense. Sempre defendi com orgulho e respeito a camisa tricolor. Jamais passou pela minha cabeça desrespeitar a instituição e, principalmente, os torcedores que sempre me abraçaram em meus melhores e piores momentos", afirmou.

Apuração do UOL Esporte, no entanto, aponta que o interesse de Pedro não era apenas de ouvir o Flamengo. Isso porque a proposta do rival é bastante vantajosa para o atleta que receberia três vezes mais no clube da Gávea. O Fluminense também receberia 12 milhões de euros (R$ 51,4 milhões) pelos seus 50% de direitos econômicos do atleta.

"Estou ciente do momento financeiro do clube. Das trocas internas. Aproveito e ressalto que em momento algum pensei na possibilidade de uma rescisão unilateral ou qualquer processo jurídico. A educação dada pela minha família, tem como base a gratidão com as pessoas que me ajudaram a construir grandes momentos no Fluminense, clube ao qual sempre serei grato", concluiu.

Veja a nota de Pedro na íntegra:

'Tenho seis anos de Fluminense. Sempre defendi com orgulho e respeito a camisa tricolor. Jamais passou pela minha cabeça desrespeitar a instituição e, principalmente, os torcedores que sempre me abraçaram em meus melhores e piores momentos.

Estou ciente do momento financeiro do clube. Das trocas internas. Aproveito e ressalto que em momento algum pensei na possibilidade de uma rescisão unilateral ou qualquer processo jurídico. A educação dada pela minha família, tem como base a gratidão com as pessoas que me ajudaram a construir grandes momentos no Fluminense, clube ao qual sempre serei grato.

Sobre ouvir e querer conhecer qualquer projeto, é uma atitude natural de qualquer profissional. Ouvir não quer dizer sair. Que fique bem claro.

Sigo, mesmo diante de tantas especulações e inverdades ditas sobre a minha pessoa, focado, trabalhando e à disposição do Fluminense para as batalhas que teremos pela frente. ST!'

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    64
  • 2 Pal
    54
  • 3 San
    51
  • 4 São
    46
  • 5 Cor
    44
  • Veja tabela completa