Eli Carlos

Ex-atacante do Guarani, Coritiba e Cruzeiro
por Marcelo Rozenberg
 
Eli Carlos Alberto Pereira, o ex-atacante Eli Carlos, morreu em 22 de maio de 2020, em decorrência de problemas cardíacos. Ele nasceu em Ribeirão Preto em 19 de abril de 1954. e em agosto de 2018, ao ser submetido a uma endoscopia, sofreu parada cardíada e passou alguns dias entre a vida e a morte. Permanceu, desde então, em coma induzido na cidade de Campinas-SP. 
 
Irmão de Silas, grande jogador da história do São Paulo na década de 1980, mudou-se cedo para Campinas, onde iniciou a carreira de jogador no Guarani. A partir de então, passou por Coritiba, Flamengo, Rio Claro, Fluminense, Cruzeiro, Francana, São José, Matsubara-PR, Ituano, Paulista de Jundiaí e Palmeiras de São João da Boa Vista, seu último clube. Tornou-se, então, treinador, dirigente esportivo e empresário.
 
Trabalhou como cartola no Guarani, Paulista de Jundiaí e Bragantino. Administrou por algum tempo o Primavera de Indaiatuba. Em 2008, foi efetivado como comentarista das transmissões esportivas da rádio Bandeirantes de Campinas. O convite foi feito pelo narrador ponte-pretano fanático Carlos Batista.
 
Foi ídolo especialmente da torcida do Coritiba, onde foi bicampeão paranaense em 1975 e 76. Mantinha uma marca no Coxa que só foi igualada em 2008 pelo atacante Keirrison: a de anotar três gols em um jogo fora de Curitiba em duelo válido pelo Campeonato Brasileiro. O feito de Eli ocorreu no estádio Olímpico em 1975, em uma vitória do Coritiba sobre o Grêmio por 3 a 1. 
 
O jornalista Carlos Batista, da Rádio Bandeirantes de Campinas e Band TV também de Campinas, escreveu uma mensagem em homenagem a Eli Carlos em sua página no Facebook no dia da morte do ex-jogador, que segue abaixo, na íntegra:
 
O querido amigo Eli Carlos partiu hoje de manhã. Perdemos uma pessoa de grande caráter e imensa bondade no coração.
 
Trabalhamos juntos durante muito tempo. Eli Carlos era profundo conhecedor da matéria futebol. Aprendi muito com ele durante os programa e transmissões na Rádio Bandeirantes e Band TV. Fora do ar era uma figura doce e agradável com os colegas no dia a dia da emissora.
 
O meu coração nesse dia tão triste, pede para relembrar os bons momentos que foram compartilhados com a presença de uma pessoa tão especial capaz de transformar o ambiente em que estava em abençoada convivência. Descanse em paz e que Deus o receba com muita Luz.
 
 
ver mais notícias

Pelo Flamengo:

O Almanaque do Flamengo, de Roberto Assaf e Clóvis Martins, informa que fez 23 jogos pelo clube com 18 vitórias, dois empates, três derrotas e cinco gols marcados.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Int
    12
  • 2 Vas
    10
  • 3 Atl
    9
  • 4 São
    10
  • 5 Pal
    8
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES