Castor de Andrade

Ex-patrono e presidente do Bangu

Castor Gonçalves de Andrade e Silva, famoso bicheiro carioca e patrono do Bangu Atlético Clube, nasceu no Rio de Janeiro em 1926 e morreu na mesma cidade em 11 de março de 1997.

Castor foi o mais conhecido entre aqueles que presidiram os Bangu, nas décadas de 1960 e 1980, administrando com mão de ferro o clube que por muitas vezes rivalizou com as grandes forças do futebol carioca.

Teve grande participação na conquista do Campeonato Carioca pelo Bangu em 1966, quando a equipe derrotou o Flamengo por 3 a 0 e também na Taça Rio de 1987, ano em que o clube que presidia derrotou o Botafogo por 3 a 1 na decisão.

Também comandou a Escola de Samba "Mocidade Independente de Padre Miguel" até sua morte. Teve prisão decretada em 1994 por conta de sua atuação como contraventor, uma vez que era um dos principais comandantes do jogo do bicho no Rio de Janeiro.

Devido a problemas cardíacos, a Justiça lhe concedeu o direito de cumprir a pena em prisão domiciliar.

Em 1997, quando jogava cartas na casa de um amigo, sofreu um ataque cardíaco fulminante que o matou.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES