Campeonato Brasileiro de 1972

A entrada de mais cinco estados

O Campeonato Brasileiro de 1972 foi disputado entre 9 de setembro e 23 de dezembro e contou com a participação de 26 clubes. Foi a primeira grande alteração no modelo da competição, que vinha sendo semelhante desde 1967, quando iniciou como Torneio Roberto Gomes Pedrosa.

A política cada vez mais marca presença no futebol e o governo militar tem grande participação no aumento de seis equipes, com a inclusão de mais cinco estados, Amazonas (Nacional), Pará (Remo), Alagoas (CRB), Sergipe (Sergipe) e Rio Grande do Norte (ABC), além de mais um representante baiano.

Os 26 clubes foram divididos em quatro grupos, sendo dois de seis equipes e mais dois com sete times, se classificando os quatro primeiros de cada grupo para a segunda fase. O Remo, com 25 pontos, ficou fora da segunda etapa, já que terminou em quinto lugar em seu grupo, mesmo com mais pontos que o Santa Cruz, que foi o quarto em seu grupo com 23.

Nessa etapa os 16 times foram novamente divididos em quatro grupos e os primeiros de cada chave foram para as semifinais, em jogo único, e os vencedores para a decisão, também em jogo isolado.

Em uma das semifinais, o Palmeiras, no Pacaembu, se classificou com um empate de 1 a 1 com o Internacional, levando a vantagem por ter a melhor campanha da competição. Na outra o Botafogo venceu o Corinthians, de virada, por 2 a 1, no Maracanã, e também se garantiu.

O jogo final aconteceu no Morumbi, dia 23 de dezembro de 1972, e o Palmeiras conquistou o título, ao empatar em 0 a 0 e ser beneficiado novamente pela melhor campanha, tendo conseguido 42 pontos contra 33 do time carioca em todo o campeonato.

Os artilheiros foram Dario, do Atlético Mineiro, e Pedro Rocha, do São Paulo, ambos com 17 gols, seguidos Zé Roberto, do Coritiba, com 16 gols, Leivinha, do Palmeiras, com 15, e Campos, do Nacional de Manaus, com 14.

Um dos destaques dessa edição foi a goleada que o Botafogo aplicou no Flamengo, por 6 a 0, no dia 15 de novembro, dia do aniversário do time rubro-negro. Os gols foram de Jairzinho, que fez três, sendo um deles de calcanhar, Fischer, que fez dois, e Ferreti.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    58
  • 2 Pal
    50
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    43
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES