Ana Paula Oliveira

Bandeirinha e jornalista

por Diogo Miloni

Assim como acontece no futebol, com pais ex-jogadores que influenciam seus filhos a seguirem carreira, a vida de Ana Paula Oliveira também teve efeito hierárquico. Filha de árbitro amador, começou a assinar as súmulas nos jogos que seu genitor trabalhava, até que em uma partida teve que substituir o auxiliar e logo se apaixonou pela profissão. Em 2012, foi contratada pela TV Alterosa para participar do programa "Alterosa no Ataque".

Natural da capital paulista, Ana Paula nasceu em 26 de maio de 1978 e aos 20 anos começou sua carreira de bandeirinha. Em 2001, estreou na Primeira Divisão do Campeonato Paulista e, dois anos mais tarde, em 2003, despontou como a principal auxiliar do estado, acertando lances pontuais na decisão do Paulistão entre Corinthians e São Paulo.

Sua trajetória entrou em declínio em 2007, após anular erroneamente dois tentos do Botafogo diante do Figueirense. Os erros culminaram na eliminação da equipe carioca e na suspensão de 15 dias da bandeirinha paulistana.

Diante do afastamento, Ana Paula acabou aceitando as investidas da Revista Playboy e revelou sua intimidade para o Brasil. O ensaio sensual foi aclamado pela crítica e pelos fãs, mas a profissional do futebol não pode mais participar de partidas oficiais e foi excluída dos órgãos que era filiada.

Em 2009, Ana Paula foi convidada para o reality show "A Fazenda", da TV Record, mas acabou sendo a primeira eliminada. Fez algumas participações no programa esportivo "Esporte Fantástico" da mesma emissora e, em 2011, teve outra chance no mesmo reality show mas novamente não foi aceita pelo público.

No dia 21 de abril de 2016, o Portal UOL publicou a seguinte matéria sobre Ana Paula:

 

ana paula materia uol

 

ABAIXO, PAULO ROBERTO MARTINS, O MORSA, RI MUITO APÓS UMA FRASE QUE MILTON NEVES FALA, DURANTE O "DEBATE BOLA" DA RECORD, EM 2007, EM QUE FALAVA SOBRE ANA PAULA OLIVEIRA

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES