Airton de Mello

Ex-meia-esquerda da AABB

por Túlio Nassif/contribuiu João Fernando de Jesus Pereira

“O moço de Botucatu que brilhou no futebol de Barra Bonita”, diria o saudoso Fiori Gigliotti e “todos falam de mim, mas o maior craque da AABB, foi Airton”, contava o amigo Renatinho. A verdade é que Airton de Mello Dias, o Airton, foi o maior meia-esquerda do futebol de Barra Bonita. Jogava com a elegância de um “gentleman”. Pouco falava, mas muito produzia. No dia 15 de novembro de 2009, aos 74 anos, ele partiu. Cumpriu com louvor sua missão e história do futebol de Barra Bonita. Um craque.

Airton era canhoto. Fazia tudo com uma perna: driblava, passava, chutava. Era um “camisa 10” de grande talento e habilidade. Era amigo da bola e um apaixonado por tudo: pelos pais, irmãos, esposa, filhos, netos, pelo seu trabalho na Usina da Barra e pela AA Barra Bonita e seus colegas.

E nos últimos dias de vida do inseparável companheiro de bola Renatinho, Airton chegava a visitá-lo no Hospital São José até duas vezes no mesmo dia. Para ele, com certeza, o jogo continuava e era embalado e vivificado pelas lembranças.

Foi campeão amador em 1953 e 1957 pela veterana. Teve sua foto estampada na galeria de troféus na sede social da Rua 1º de Março, a casa da AABB. O tempo e o presente sem laços com a história destruíram os painéis. Mas as fotos de cada craque campeão permanecem vivas na mente daqueles torcedores que ainda tem memória.

Airton era a humildade viva. Sua vida foi ceifada em momento que varria a calçada de sua residência na Prudente de Moraes. Uma cena que traduzia todo o seu talento: a simplicidade no viver e no jogar futebol. Com a vassoura tinha a sensação de estar bailando com sua esposa Enide Sancassani ou, em campo, vestindo a camisa abebeana.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Int
    12
  • 2 Vas
    10
  • 3 Atl
    9
  • 4 São
    10
  • 5 Pal
    8
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES