Jogadores foram pressionados pelo clube russo, que os obrigou a retornar para São Petersburgo. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Jogadores foram pressionados pelo clube russo, que os obrigou a retornar para São Petersburgo. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O técnico Tite segue enfrentando problemas na montagem da seleção brasileira para a retomada das Eliminatórias. Depois de perder nove jogadores que disputam o campeonato inglês e que foram vetados por seus clubes, o treinador perdeu agora dois atletas que atuam na Rússia.

Para insatisfação da comissão técnica do Brasil, o Zenit, da Rússia, solicitou o retorno do meia Claudinho e do atacante Malcom, e a dupla, que integrou a seleção nos primeiros treinamentos da equipe, não embarcou para Santiago, no Chile, onde a seleção brasileira enfrenta os chilenos nesta quinta-feira (2).

Segundo comunicado emitido pela CBF, o clube russo enviou muitas mensagens obrigando os dois jogadores a retornar a São Petersburgo.

Após conversas com os jogadores, a confederação e a comissão técnica decidiu liberar os atletas, que deixaram a delegação brasileira.

Com isso, a CBF encaminho uma reclamação formal à Fifa, solicitando uma punição ao clube russo após o episódio.

O técnico Tite agora não conta com 11 jogadores convocados para a rodada tripla das eliminatórias.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa