Ex-treinador do Corinthians disse que a conversa com o Peixe “não foi legal”. Foto: Rodrigo Cica/Ag Corinthians

Ex-treinador do Corinthians disse que a conversa com o Peixe “não foi legal”. Foto: Rodrigo Cica/Ag Corinthians

Primeiro nome cotado para assumir o comando do Santos no lugar de Cuca, Tiago Nunes  não ficou satisfeito com a forma como a direção do Peixe conduziu as negociações. O treinador, que chegou a ficar próximo de um acerto com o clube, viu as tratativas emperrarem. Dias depois, o Alvinegro acertou a chegada do argentino Ariel Holan.

Em entrevista à TNT Sports, Tiago Nunes afirmou que faltou coerência à direção do Peixe que encaminhou a negociação e depois voltou atrás na decisão.

“Na hora da negociação, entramos em um consenso, que era o padrão que o clube pagava. Mas depois o clube voltou atrás e falou que só poderia pagar apenas metade do valor. E também falou que tinha um treinador que tinha aceitado ir por metade. A conversa não foi legal naquele momento, e eu entendi que não seria o plano correto a seguir”, afirmou Tiago, que chegou a conversar com Cuca para tratar de uma possível transição no clube.

Além do Santos, o técnico também foi especulado no Grêmio e no Atlético-MG. Desempregado desde que deixou o Corinthians em setembro de 2020, Tiago Nunes ainda destacou que segue trabalhando para evoluir enquanto aguarda uma nova oportunidade no mercado.

“Não estamos trabalhando em um clube, mas estamos produzindo. Tentando se especializar e estudando para a hora que chegar uma boa oportunidade e um projeto legal, a gente possa encarar de peito aberto”, disse o treinador.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa