Rivaldo marcou cinco gols na Copa de 2002 e foi um dos destaques da competição. Foto: Instagram/Reprodução

Rivaldo marcou cinco gols na Copa de 2002 e foi um dos destaques da competição. Foto: Instagram/Reprodução

Titular, camisa 10, protagonista, campeão e, para muitos, melhor jogador do torneio: a trajetória de Rivaldo com a seleção brasileira na Copa do Mundo de 2002 todos conhecemos. O que não era de conhecimento público é que o craque brasileiro quase abandonou a equipe comandada por Felipão às vésperas da estreia do mundial, disputado no Japão e na Coreia.

Em entrevista ao programa Resenha ESPN, da ESPN Brasil, Rivaldo revelou que a incerteza sobre sua titularidade ou não na equipe verde e amarela o fez pensar em abandonar a seleção e voltar para o Brasil.

O camisa 10 recordou que foi convocado por Felipão mesmo estando machucado e destacou que o treinador brasileiro não o garantia como titular da equipe que iniciaria a Copa.

“Estava chegando perto da Copa do Mundo, e eu não tinha certeza se eu seria titular, e o próprio Felipão não tinha essa certeza, e eu ficava triste porque o Felipão não falava para a imprensa quem seria o titular, estava entre eu e o Denílson. A imprensa falava muito bem do Denílson, ficava em cima do Felipão, e ele não dizia o time, eu ficava desesperado”, comentou Rivaldo ao Resenha.

“Eu estava com muita vontade de ser campeão, de jogar... Aos 44 minutos do segundo tempo, o Felipão me confirmou que eu seria titular contra a Turquia. Só que antes disso, antes da confirmação, eu ligava para colegas meus e dizia: ´Se ele não me colocar como titular, eu vou pegar um avião e vou embora daqui. Vou embora, não estou acreditando que o Felipão não me confirma´. Só que no finalzinho, ele me colocou como titular contra a Turquia”, relembrou o ex-camisa 10.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa