Adílio vestiu a camisa do Fla e do clube equatoriano. Foto: Paula Reis

Adílio vestiu a camisa do Fla e do clube equatoriano. Foto: Paula Reis

Países diferentes, cores distintas, histórias que foram construídas por caminhos nada parecidos: Flamengo e Barcelona de Guayaquil não têm muita coisa em comum. Mas um ídolo rubro-negro une os dois clubes. 

Rivais nas semifinais da Libertadores, que começam a ser disputadas nesta quarta-feira (22), no Maracanã, flamenguistas e barcelonistas tem em comum em suas histórias um dos grandes meio-campistas do futebol brasileiro na década de 80: Adílio. 

Ídolo do Rubro-Negro Carioca, onde conquistou “tudo”, Adílio vestiu a camisa do clube carioca entre 1975 e 1987. No Fla, o meia virou ídolo e integrou o esquadrão que conquistou a Libertadores e o Mundial de Clubes de 1981, ao lado de Zico, Nunes, Junior, Leandro e tantos outros. 

No final dos anos 80, Adílio, que já havia deixa o Fla e passado pelo Coritiba, resolveu se arriscar no Barcelona equatoriano. Foi no clube de Guayaquil que o meia campeão da Libertaodres de 81 disputou sua última edição da competição continental. 

CLIQUE AQUI E RELEMBRE A CARREIRA DE ADÍLIO NA SEÇÃO"QUE FIM LEVOU?"

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa