Após mais de dois meses de paralisação, a Copa Libertadores voltará amanhã com novidades não só nas equipes brasileiras. Os adversários de Athletico-PR, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Internacional e Palmeiras também passaram por modificações neste período, seja pela saída ou pela chegada de jogadores.

O Boca Juniors, adversário do time paranaense, é um dos clubes que mais passou por mudanças, sendo que ainda busca reforços e pode perder jogadores nos próximos dias. Outros, como o River, mantiveram a base e ainda tentam contratações pontuais.

Veja abaixo como cada adversário de brasileiros chega para os confrontos desta semana

River Plate - enfrenta o Cruzeiro, terça-feira (23/07), às 19h15

O River Plate aposta na manutenção da base do primeiro semestre na volta aos trabalhos. Até o momento, o clube ainda não apresentou reforços, sendo que ainda busca a contratação do zagueiro chileno Paulo Díaz, que defende o Palestino.

Por outro lado, o atual campeão conseguiu manter seus principais jogadores até o momento, inclusive recusando propostas pelo zagueiro Lucas Martínez, mas teve saídas pontuais de reservas como Camilo Mayada, David Martínez e Alexander Barboza.

Para enfrentar o Cruzeiro no primeiro jogo, o River tem dúvidas por causa de problemas físicos. Leonardo Ponzio, Pratto e Scocco estão sendo avaliados diariamente e Rafael Santos Borré cumprirá suspensão. No único jogo oficial até o momento em julho, vitória nos pênaltis de uma equipe mista sobre o Gimnasia Mendoza, após empate por 1 a 1 no tempo normal, pela Supercopa da Argentina.

Godoy Cruz - enfrenta o Palmeiras, terça-feira (23/07), às 21h30

O Godoy Cruz é um dos clubes que passou por mais mudanças neste período. Do time titular que encerrou a fase de grupo com a vitória sobre o Universidad Concepcion saíram o meio-campista Angel González, o zagueiro Diego Viera, o atacante Juan Martín Lucero e o lateral Jalil Elías. Luciano Abecasis, Ramis e Alferes também foram baixas.

Por outro lado, o time se reforçou com as chegadas do meia-esquerda Gabriel Alanís (ex-Belgrano), Leandro Vella (ex-Instituto), Juan Brunetta (ex-Belgrano), Sebastián Lomónaco (ex-Arsenal), Joaquín Mateo (ex-Gimnasia) e Breitenbruch (ex-Independiente).

Diante de tantas mudanças no elenco, o técnico Lucas Bernardi ainda busca uma formação ideal e, na única partida oficial do segundo semestre, escalou uma equipe com mudanças principalmente no ataque, que teve Brunetta ao lado dos até então reservas Garcia e Merentiel. O time empatou por 1 a 1 com o Huracán e avançou de fase nos pênaltis.

Nacional-URU - enfrenta o Internacional, quarta-feira (24/07), às 19h15

O Nacional teve duas baixas importantes durante a paralisação: o zagueiro Marcos Angeleri, que vai jogar no Argentinos Juniors, e o goleiro Esteban Conde, que foi defender o Banfield.

As reposições foram pontuais, com o zagueiro Hugo Magallanes (ex-Cerro Largo) e o goleiro Sergio Rochet, que estava no Sivasspor.

O técnico Álvaro Gutiérrez poupou titulares no fim de semana, mas conta com força máxima para enfrentar o Inter. O atacante Bergessio continua como grande estrela do time e o experiente lateral Alvaro Pereira está entre as opções do treinador

Boca Juniors - enfrenta o Athletico-PR, quarta-feira (24/07), às 21h30

O Boca Juniors enfrentará o Athletico-PR em meio a uma série de indefinições. O atacante Benedetto está de saída para o Olympique de Marselha e não viajará para Curitba. Já jogadores como Nández, Almendra e Pavón são alvos de proposta da Europa e também podem deixar o clube.

Por outro lado, o meio-campista Alexis Mac Allister (emprestado pelo Brighton), o atacante Jan Hurtado (ex-Gimnasia) e o meio-campista Eduardo Salvio (ex-Benfica) foram contratados e são opções do técnico Gustavo Alfaro. Ex-Roma, o volante italiano Daniele de Rossi também está a caminho, mas ainda não terá condições contra o Athletico.

O Boca Juniors realizou pré-temporada no México (vitórias contra Guadalajara e América e derrota para o Tijuana) neste período e ainda não fez partidas oficiais. O atacante Tevez continua na equipe e tem boas chances de ser escalado contra os paranaenses.

Emelec - enfrenta o Flamengo, quarta-feira (24/07), às 21h30

O Emelec manteve a base do primeiro semestre para as oitavas de final da Copa Libertadores, com a aquisição de dois reforços: o atacante Edwuin Pernía (ex-Caracas) e o zagueiro Aníbal Leguizamón (ex-Arsenal de Sarandí). Por outro lado, o zagueiro titular Dennis Quintero foi emprestado para o Mushuc Runa.

O time está em atividade no Campeonato Equatoriano desde o dia 7 de julho e a base que vem sendo utilizada é a mesma que encerrou a fase de grupos, com Brayan Angulo no comando do ataque,

Libertad - enfrenta o Grêmio, quinta-feira (25/07) , às 21h30

Volante que atuou na derrota para o Grêmio no Defensores del Chaco na fase de grupos, Ángel Cardozo Lucena foi para o Cerro Porteño. Além dele, o lateral Alan Benítez e o meio-campista Jorge Recalde têm situações indefinidas por causa de problemas na renovação.

Por outro lado, o técnico José Chamot ganhou o jovem meio-campista Alfio Oviedo como opção. O time já fez duas partidas oficiais no segundo semestre com a mesma base da fase de grupos da primeira fase da Libertadores, com o goleiro Martin Silva, o lateral Ivan Piris e o atacante Macnelly Torres como nomes mais conhecidos.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    39
  • 2 San
    37
  • 3 Pal
    36
  • 4 Cor
    32
  • 5 São
    31
  • Veja tabela completa