Taffarel saltou para a esquerda e Baggio mandou para fora na decisão da Copa de 94. Foto: Divulgação

Taffarel saltou para a esquerda e Baggio mandou para fora na decisão da Copa de 94. Foto: Divulgação

Há exatos 25 anos, na tarde de 17 de julho de 1994, a seleção brasileira voltava a conquistar uma Copa do Mundo, nos Estados Unidos, na final disputada contra a Itália no Rose Bowl, em Pasadena.

Depois de uma partida tensa em 90 minutos, que terminou em 0 a 0 e mais trinta minutos de prorrogação, igualmente sem gols, as equipes foram para a decisão por pênaltis.

A Itália cobrou primeiro, com Franco Baresi, que chutou para fora, por cima do gol de Taffarel. Na sequência, Márcio Santos poderia colocar a equipe brasileira na frente mas também desperdiçõu. mas Gianluca agliuca defendeu.

Na sequência, quatro pênaltis convertidos, Albertini e Evani converteram para o time italiano e Romário e Branco fizeram para o Brasil.

Na quarta cobrança italiana,com Massaro, Taffarel defendeu. Na sequência, o capitão Dunga bateu firme no canto esquerdo de Pagliuca, que saltou para o lado contrário.

Aí foi a vez de Roberto Baggio, que chutou fora, muito longe, por cima do gol de Taffarel.

Assim por 3 a 2, o Brasil voltava a levantar uma taça em Copa do Mundo, o que não fazia há 24 anos, desde a Copa do México.

ABAIXO, COM NARRAÇÃO DO SAUDOSO LUCIANO DO VALLE (1947-2014), A DECISÃO POR PÊNALTIS ENTRE BRASIL E ITÁLIA NA COPA DOS ESTADOS UNIDOS, EM 17 DE JULHO DE 1994

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa