Ídolo gremista está desempregado desde que deixou o Cruzeiro no início de 2021. Foto: Cesar Greco

Ídolo gremista está desempregado desde que deixou o Cruzeiro no início de 2021. Foto: Cesar Greco

Chegou ao fim a passagem de Tiago Nunes pelo Grêmio chegou. O treinador não resistiu a mais um jogo sem vitória no Brasileirão e foi demitido após a derrota para o Atlético-GO, na noite de domingo (4), na Arena, jogo que manteve o clube gaúcho na lanterna do campeonato. Em crise, a direção do Imortal busca um novo nome com um perfil específico e o favorito para assumir a equipe é um velho conhecido: Luiz Felipe Scolari.

Segundo informações do GE.globo, o Grêmio deseja contratar um treinador “mobilizador”, para contrastar com o perfil da equipe nesse início de Brasileiro, em que a apatia ficou evidente. Essa característica coloca Felipão como principal nome.

Em entrevista ao programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, na noite do último domingo, Felipão desconversou sobre a possibilidade de voltar ao Imortal.

“É a minha equipe de coração, que gosto, mas não vou falar de algo que não tenho nem ideia, é um assunto que faz parte da direção do Grêmio, não estou lá pra dizer nada”, declarou.

Após a derrota gremista para o Atlético-GO, que resultou na queda de Tiago Nunes, o vice-presidente de futebol do clube gaúcho, Marcos Hermann, colocou Felipão na pauta.

 “Temos um perfil, sim. E, neste sentido, Felipão sempre é uma possibilidade. Ele se identifica muito com o Grêmio, mas não sei se tem interesse. Temos que perguntá-lo. Queremos alguém identificado” destacou.

Tiago Nunes deixa o time com apenas 74 dias de trabalho

Contratado para substituir Renato Portaluppi, Tiago Nunes chegou ao Grêmio em 21 de abril. Foram apenas 74 dias a frente da equipe e nesse período o comandante teve bom início,  conquistando o Gauchão e com uma arrancada de oito vitórias seguidas nos primeiros oito jogos. Nas outras competições, assegurou a melhor campanha na fase de grupos da Copa Sul-Americana e superou o Brasiliense na terceira fase da Copa do Brasil.

Apesar do bom começo, Tiago Nunes deixa o Tricolor depois de 20 partidas, com 10 vitórias, cinco empates e cinco derrotas, o que dá um aproveitamento de 58,3%. A equipe marcou 38 gols e sofreu 19.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa