Treinador tricolor ainda pediu que o clube consiga recuperar seus jogadores machucados. Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Treinador tricolor ainda pediu que o clube consiga recuperar seus jogadores machucados. Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O técnico Felipão confirmou a chegada do atacante colombiano Miguel Angel Borja ao Grêmio. Comentando o momento da equipe gaúcho, que está na zona de rebaixamento no Brasileirão, o treinador destacou a contratação do centroavante, mas revelou que essa não é a única solução para que o Tricolor saia da situação ruim que se encontra.

“Borja é uma das soluções. Mas o que vai mais nos ajudar são os jogadores que estão no departamento médico. Queremos que eles tenham essa liberação e tratamento mais forte para nos próximos 10, 15, 20 dias termos todos à disposição. Esses são os principais reforços que irei receber”, afirmou Felipão após vitória gremista sobre o Vitória, pela Copa do Brasil, na noite da última terça-feira (3).

O experiente treinador destacou a importância de ganhar reforços caseiros, esvaziando o departamento médico do clube.

“Acabamos de fazer uma reunião. Falamos de prioridades. A minha prioridade é fazer com quem está no departamento médico seja liberado em alguns dias. Outros jogadores poderão chegar, na medida que tivermos oportunidade de fazer alguma contratação. Não é de um dia para outro. Pega o dinheiro, vai ali e contrata, como se fosse ir ao mercado. O que eu posso, e quero, é que meus lesionados voltem o mais breve possível”, declarou.

Borja deve ser anunciado oficialmente no clube gaúcho em breve. O Grêmio pagará US$ 1 milhão (R$ 5,21 milhões) ao Palmeiras para ter o Borja por empréstimo até o final de 2022.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa