Atacante venezuelano tem proposta do Al Hilal, da Arábia Saudita. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Atacante venezuelano tem proposta do Al Hilal, da Arábia Saudita. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Depois de recusar proposta do Al Hilal, da Arábia Saudita, pelo atacante Yeferon Soteldo, o Santos disse “sim” para uma nova investida dos árabes. Depois de oferecer US$ 6 milhões pelo camisa 10, o time do oriente médio subiu a proposta para US$ 7 milhões. Mesmo considerando o valor abaixo do que vale o venezuelano, o presidente Orlando Rollo decidiu aceitar a proposta árabe.

Em áudio a um grupo de torcedores, Rollo explicou a situação financeira complicada do Peixe e destacou a necessidade de vender Soteldo para conseguir pagar salários nos próximos meses.

“Não temos nenhum recebível substancial até o fim do ano. Não temos dinheiro no caixa para pagar salário de novembro e dezembro. Ou negociamos Soteldo por US$ 7 milhões ou daqui a dois meses, no máximo, sem pagar salários e imagens, ele sai de graça. Ele e outros jogadores. Vamos perder todo mundo de graça. Não acho que é um valor justo, não, mas é a proposta que tem”, afirmou Rollo que destacou ter explicado a situação ao técnico Cuca.

“Conversei com o professor Cuca, que fazia questão do Soteldo, mas ele entendeu. Mostrei as contas, e ele concordou na hora. Ou vende ou não pagamos salários. A gente espera com esse valor pagar Huachipato (pela compra do próprio Soteldo) e Atlético Nacional (pela compra do zagueiro Felipe Aguilar). Temos que pagar dívidas”, destacou o presidente do Santos.

Rollo ainda comentou que está trabalhando para, mesmo depois da venda, segura Soteldo até fevereiro de 2021. Sem garantir, porém, o cartola comentou que o mais provável é a venda imediata.

“Eu vou tranquilizar vocês: estou vendo opções para ele ficar até fevereiro. Nada está descartado, estamos correndo para outros caminhos. Mas a situação de hoje é a venda. Ou vendemos ou não pagamos as contas. Não vou mentir para torcedor. Tenho que ser realista. Ou vendemos Soteldo ou perderemos ele e outros atletas. Deixaram Santos em situação de penúria. Temos que pensar com a cabeça e com o cérebro, e não com o coração. Tenho que ser gestor e não torcedor neste momento”, declarou.

Com proposta em mãos, o Santos aguarda uma resposta de Soteldo que analisa se aceita ou não a oferta dos árabes. No último sábado (17), após vitória do Peixe sobre o Coritiba por 2 a 1, com gol de Soteldo, o técnico Cuca chegou a afirmar que aquela foi, de fato, a última partida do venezuelano no time da Vila Belmiro.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa