Contra esses números não há argumento?

Contra esses números não há argumento?

Depois do empate sem gols do Grêmio contra o Atlético Paranaense em casa, um repórter bom, amigo e das antigas sapecou essa: "o Grêmio jogando com os times B e C perdeu 11 pontos. Só por isso o Corinthians é o líder do Brasileirão." Contra esses números não há argumento? Depende. Pela lógica do gaúcho, mesmo que o Corinthians vença a Chapecoense na quarta-feira e abra 10 pontos, seria vice-líder, se o tricolor gaúcho tivesse jogado e vencido os quatro jogos com os titulares.

Parece o discurso de um conhecido ministro dizendo que o que é ruim a gente esconde, porque faltou dizer que com os titulares em campo, o Grêmio perdeu 12 pontos. Só essa resposta resolveria a questão? Também não. O tricolor A perdeu mais pontos, mas tem um aproveitamento muito melhor, porque jogou quatro vezes mais com o time A. A boa sacada matemática do repórter economista tem mais cara de choro do que de lógica, porque quem é que pode garantir que o Grêmio venceria os quatro jogos? O que se deve lamentar é ver um time colocar o principal torneio do país em segundo plano, porque tem mais chance na Copa do Brasil e ainda está na briga pela Libertadores.

E por falar em números, Vagner Mancini tirou proveito de uma pergunta mal formulada do jovem e bom repórter Felipe Garrafa para indagar se ele era corintiano. Se tinha razão ao contestar que o Vitória tivesse jogado apenas por uma bola, perdeu a chance de ficar calado ao fazer uma insinuação tão grosseira, nesses tempos em que valentões do teclado xingam e ameaçam pelas redes sociais.

Quando Vanderlei Luxemburgo assumiu a Seleção Brasileira em 98, ele conseguiu fechar um acordo e continuou dirigindo o Corinthians até o fim do ano, quando inclusive faturou o Campeonato Brasileiro. Era setorista do clube e quando Luxa completou cinco jogos acumulando os dois cargos eu comparei com os cinco jogos anteriores para mostrar que havia uma queda considerável no aproveitamento. O então repórter da TV Gazeta, Luis Henrique Gurian, usou os números da minha matéria para indagar o treinador, que é claro não gostou nenhum pouco e quis saber de onde ele tinha tirado isso. Gurian logo apontou pra mim e disse: "tá na matéria do Tieppo". Tive que aguentar o mau humor do "professor", que só alguns meses depois reconheceu em um bate papo informal que no início tinha mesmo se atrapalhado com o acúmulo de trabalho.

Mas no geral, jornalista tem um sério problema com os números. Dois amigos certa vez discutiam sobre Libertadores, antes do Corinthians ser campeão. Para sacanear o palmeirense, o corintiano disse que o aproveitamento do Palmeiras era pior do que o do Timão, porque afinal eles tinham disputado o torneio muitas vezes mais. O cara ficou verde de raiva e sem conseguir raciocinar, pegou a pilha e ficou esbravejando meia hora até cair na real: "Como é que o aproveitamento do Corinthians é melhor se o time nunca ganhou a Libertadores?". Pois é. Será que ele já refez a conta agora que cada um ganhou a Libertadores uma vez?

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa