Diniz visitou Guardiola em viagem para aprimoramento profissional. Foto: Assessoria de Imprensa

Diniz visitou Guardiola em viagem para aprimoramento profissional. Foto: Assessoria de Imprensa

O acerto de Fernando Diniz como técnico do Fluminense para 2019 depende de uma liberação do Atlético-PR, com quem o técnico manteve um acordo desde que saiu do comando técnico em junho, durante a Copa do Mundo da Rússia. Desligado do cargo a contragosto de Mario Celso Petraglia, que chegou a dizer que manteria o técnico mesmo se rebaixado para a Série B, Diniz seguiu com vínculo com o Furacão e já voltaria ao clube no início de 2019, para assumir a coordenação das categorias de base e o time sub-20.

Petraglia aceitou trocar Diniz por Tiago Nunes, que acabou campeão da Copa Sul-Americana, mas manteve laços com o treinador, que viajou à Europa recentemente para visitar clubes, em projeto de aprimoramento pessoal de carreira, quando chegou a encontrar Pep Guardiola no Manchester City. Nunes foi tratado como "técnico interino" durante o restante do ano. A programação foi alterada a partir do convite do Flu para assumir o elenco profissional do Tricolor, do qual foi jogador nos anos 2000.

Diniz então avisou ao Fluminense que precisa acertar um compromisso pessoal para poder assumir o cargo nas Laranjeiras, o que não deve ser dificultado por Petraglia, de acordo com o que apurou o UOL Esporte. Desta forma, o técnico deve ser anunciado pelo Flu nas próximas horas.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa