Zé Milton

Ex-beque da Machadense e Bandeirantes-MG
José Milton Vieira, o "Zé Mirto" ou "Bi-bi-bi", legítimo beque macho, "de fazenda", troncudo e do tipo "não passa nada" dos anos 50 e 60 do sul de Minas, morava em Machado-MG. Morreu aos 79 anos de idade no dia 19 de janeiro de 2017.
 
Caminhoneiro até o final do século XX, movimenta-se com dificuldades, através de muletas ou cadeira de rodas, após um lamentável acidente rodoviário que sofreu.

Mas enquanto jogou, por mais de oito times do sul de Minas, Zé Mirto foi um zagueiro tão destemido quanto Buzuca na Caldense, Pedro Cartucheira na Agrotécnica de Muzambinho ou Dayson Pontes no Gaúcho de Passo Fundo-RS.

Zé Mirto defendeu times de Machado, Alfenas, Monte Belo, Areado, Poço Fundo, Varginha, Pouso Alegre e Muzambinho, todas cidades mineiras.

Pela Machadense marcou Garrincha, Genivaldo, Zagallo e Didi (veja na galeria de fotos) em jogos amistosos por volta de 1957, na inauguração do Estádio Walter Mattos Reis. Ele integrou, em Muzambinho-MG, o único time semi profissional da cidade, nos anos 60. Era o Bandeirantes Futebol Clube, criado pelos saudosos Pedro Viola e Nilo Bortoloti.

Em 2000, foi apontado, pelos leitores da Folha Machadense, como um dos melhores jogadores do século que atuaram por Machado.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES