Zé Mário

Ex-volante do Palmeiras, Santos, Ponte, São Paulo
por Rogério Micheletti e Gustavo Grohmann
 
José Mário Crispim, o Zé Mário, ex-volante do Botafogo-SP, Palmeiras, Ponte Preta, Santos, São Paulo, Uberlândia e Francana, atualmente é técnico de futebol.
 
Em abril de 2006, Zé Mário se desligou das categorias de base do Palmeiras após a saída de Émerson Leão do comando técnico do time profissional do Aviverde (quando Leão assumiu o Verdão em 2005, colocou Zé Mário para comandar o time de juniores) e foi para o Japão.
 
Lá, ao lado de uma comissão técnica de brasileiros, ele dirigiu um time da cidade de Okinawa. Mas em fevereiro de 2007, ele retornou do país nipônico e mora em São Paulo. Tem dois filhos, um publicitário, e assumiu o Paulista de Jundiaí em 2008.
 
Nascido em São Paulo, no dia 16 de maio de 1954, Zé Mário foi muito comparado com Ademir da Guia em seu início de carreira, por seu porte físico e sua maneira cadenciada de jogar.
 
Contratado pelo Palmeiras, após passagem pelo Noroeste de Bauru, amargou a reserva de Ademir por algum tempo e logo foi emprestado ao Santos. Voltou para o Verdão e no final dos anos 70 fez parte do belo elenco palmeirense comandado pot Telê Santana.
 
Pelo Palmeiras, onde ficou de 1975 a 1980, Zé Mário fez 115 jogos (61 vitórias, 29 empates, 25 derrotas) e marcou 19 gols. Ele nunca justificou a comparação de seu futebol com o do Divino da Guia. Talvez a própria comparação tenha sido o problema.
ver mais notícias

Pelo Palmeiras:

Atuou em 115 jogos, sendo 61 vitórias, 29 empates e 25 derrotas. Marcou 19 gols.
Fonte: Almanaque do Palmeiras, de Celso Unzelte e Mário Sérgio Venditti.

TÍTULOS COMO JOGADOR


1974 - campeão sulamericano de juniores, no Chile, pela seleção brasileira; 1976 - campeão paulista pelo Palmeiras; 1981 - vice-campeão paulista pela Ponte Preta; 1983 - vice-campeão paulista pelo São Paulo;

CARREIRA COMO TÉCNICO

1992 - início nas categorias de base do Botafogo (SP);

1994 - campeão paulista da categoria júnior; 1995 - vice-campeão paulista da categoria júnior 1996 - vice-campeão brasileiro da Série B (equipe profissional do Botafogo); 1998 a 2000 - campeão da categoria juniores pelo Etti-Jundiaí; 2001 - atuou ocmo técnioc profissional do Botafogo no Brasileirão; 2002 - volta a trabalhar como técnico dos juniores do Botafogo;

2002 - dirigiu por oito partidas a equipe profissional do Botafogo na Série A do Brasileirão;

2003 - auxiliar técnico do Náutico.

2008 - iniciou como técnco do Paulista de Jundiaí.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES