Rodinaldo

Ex-atacante do Palmeiras
por Rogério Micheletti
Rodinaldo, o Rodinaldo Reis de Castro Alves, centroavante que se destacou no Noroeste de Bauru no Paulistão de 1987 e depois foi jogar no Palmeiras, hoje vive no bairro de Barreirinha, em Curitiba (PR).

Casado, pai de dois filhos e já avô, Rodinaldo aguarda clubes para trabalhar como técnico. Ele já dirigiu as equipes do Guarapuava (PR) e também do Inter de Lages (SC) e Brusque (SC).

Nascido em Floraí (PR) no dia 10 de outubro de 1961, Rodinaldo começou a carreira de jogador nas categorias de base do Coritiba, no final dos anos 70. Ficou no Coxa até 1983.

Em 1984, ele foi defender o Vila Nova, de Goiás. Dois anos depois apareceu a oportunidade de jogar no futebol paulista. Assinou então contrato com o Noroeste, de Bauru.

Viveu o melhor momento da carreira em 1987, quando disputou a artilharia do Paulistão com o então corintiano Edmar. O oportunismo de Rodinaldo chamou a atenção da diretoria palmeirense.

No mesmo ano, o centroavante alto e magro trocou o Norusca pelo alviverde do Palestra Itália. No entanto, o centroavante não conseguiu render no Palmeiras o mesmo futebol dos tempos de Noroeste. Fez apenas dois gols em 25 jogos pelo Verdão (8 vitórias, 10 empates, 7 derrotas).

No ano seguinte, Rodinaldo deixou o país. Assinou contrato com o Leixões, de Portugal. Após dois anos no Velho Continente, o centroavante retornou ao Brasil, em 1990.

Rodinaldo atuou ao lado do Doutor Sócrates no Botafogo de Ribeirão Preto. No ano seguinte, em 1991, jogou pela Ferroviária. Atuou ainda pelo Ferroviário (CE), onde encerrou a carreira em 1993.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES