Roberto Miranda

Ex-centroavante do Botafogo e Corinthians
por Rogério Micheletti
 
Roberto Miranda, o Roberto Lopes Miranda, centroavante do Botafogo nos anos 60 e 70 e tricampeão mundial pela seleção brasileira na Copa de 70, hoje mora em Niterói (RJ). Roberto trabalha como funcionário público no projeto para venda de remédios mais baratos para a população de baixa renda. Além dele, Brito e Pinheiro também trabalham neste projeto.

Nascido no dia 31 de julho de 1944, em São Gonçalo (RJ), Roberto Miranda começou a carreira no Botafogo. Rápido e oportunista, o centroavante ganhou o apelido de "Vendaval". Defendeu o time da Estrela Solitária entre os anos de 1962 e 1972. Ao lado de Jairzinho, Rogério (ponta-direita), Paulo César Caju e outras feras, o centroavante conquistou os títulos cariocas de 1962, 1967 e 1968 e os torneios Rio-São Paulo de 1964 e 1966. Fez 352 jogos pelo Fogão nos quais marcou 154 gols.

Um momento importante de Roberto foi quando ele foi convocado para defender a seleção brasileira na Copa do México, em 1970. Ele era um dos reservas do time que era comandado por Zagallo. Tostão era o camisa 9. Roberto e Dadá Maravilha eram algumas das opções de área.

O artilheiro, que marcou 154 gols pelo Botafogo em 352 jogos, deixou o Glorioso em 1972, mas nunca mais foi o mesmo jogador. Passou rapidamente pelo Flamengo, entre 1972 e 1973. No rubro-negro fez apenas 11 partidas (seis vitórias, quatro empates e uma derrota) e marcou três gols.

Depois, Roberto deixou o Rio de Janeiro para defender o Sport Club Corinthians Paulista. As contusões atrapalharam bastante o centroavante, que também jogou como meia-direita no alviengro do Parque São Jorge. Entre 1973 e 1976, Roberto vestiu a camisa corintiana 77 vezes (32 vitórias, 30 empates e 15 derrotas) e marcou 21 gols.

Paixões:

Quando está em casa, Roberto Miranda não esconde que adora passar o tempo ao lado dos netos Ricardo, Augusto e Júlia.
ver mais notícias
Pelo Botafogo:

Atuou em 352 jogos e marcou 154 gols

Pelo Flamengo:

Atuou em 11 jogos, sendo 6 vitórias, 4 empates e uma derrota. Marcou três gols.
Fonte: Almanaque do Flamengo, de Roberto Assaf e Clóvis Martins

Pelo Corinthians:

Atuou em 77 jogos, sendo 32 vitórias, 30 empates e 15 derrotas. Marcou 21 gols.
Fonte: Almanaque do Corinthians, de Celso Unzelte

Pela Seleção Brasileira:

Atuou em 18 partidas e marcou 9 gols
 
Fonte: Seleção Brasileira - 90 Anos - 1914 - 2004, de Antonio Carlos Napoleão e Roberto Assaf

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES