Pedrinho Vicençote

Ex-lateral do Palmeiras e Vasco
por Marcelo Rozenberg
 
Nascido em Santo André 22 de outubro de 1957, Pedro Luiz Vicençote, o lateral Pedrinho do Palmeiras e do Vasco, viveu seu melhor momento no Verdão. Estreou no time principal em 1978 em uma vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians de Presidente Prudente em 22 de março de 1978, após ter sido revelado na Taça São Paulo de Juniores.
 
Pedrinho atualmente reside no Rio de Janeiro, onde é empresário de jogadores de futebol. Tem ligações com vários clubes da Itália, para onde costuma levar atletas cuja carreira gerencia.
 
Deixou o Parque Antártica três anos depois. Suas atuações convincentes o levaram à Seleção Brasileira. Na Copa de 1982, fez parte do grupo comandado por Telê Santana como reserva de Júnior. Defendeu também, além Palmeiras, o Vasco, Catânia (Itália) e encerrou sua carreira pelo Bangu, em 1988. 
 
Pedrinho pagou caro pela falta de planejamento da diretoria do Palmeiras, que após o time ser eliminado da decisão do Campeonato Paulista de 1980, desmontou o time. O lateral ficou sendo o único jogador de alto nível do elenco, porém incapaz de conduzi-lo a bons resultados. Não demorou a se transferir para São Januário.
 
Segundo o Almanaque do Palmeiras, de Celso Unzelte e Mário Sérgio Venditti, disputou 225 jogos pelo Verdão com 92 vitórias, 75 empates, 58 derrotas e 17 gols marcados.
 
De acordo com o livro "Seleção Brasileira - 90 anos", de Antônio Carlos Napoleão e Roberto Assaf, fez 16 jogos com a camisa amarela com 11 vitórias, três empates, duas derrotas e um gol marcado, na partida em que o Brasil venceu Portugal por 4 a 0 em 6 de junho de 1983.

ver mais notícias

Pelo Palmeiras:

Atuou em 225 jogos, sendo 92 vitórias, 75 empate e 58 derrotas. Marcou 17 gols.
Fonte: Almanaque do Palmeiras, de Celso Unzelte e Mário Sérgio Venditti.

Pela Seleção Brasileira:


Atuou em 16 jogos, sendo 11 vitórias, três empates e duas derrotas. Marcou um gol (no jogo Brasil 4 x 0 Portugual, em 5 de junho de 1983).
Fonte: "Seleção Brasileira - 90 anos", de Antônio Carlos Napoleão e Roberto Assaf.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Int
    12
  • 2 Vas
    10
  • 3 Atl
    9
  • 4 São
    10
  • 5 Pal
    8
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES