Marino Campedelli

Ex-ponta-esquerda de Muzambinho-MG
Marino, o Marino Campedelli, popular "Lucifer", antigo atacante dos times de Muzambinho-MG e do Colégio Marista de Poços de Caldas-MG, morreu em São Paulo no dia 7 de dezembro de 2011, vítima de infarto.

Filho do saudoso líder político sul-mineiro Lauro "Lalau Campedelli", Marino casou-se três vezes, deixou uma filha, um filho e um neto.

Ele era sobrinho de Dom Fernando Figueiredo, arcebispo de Santo Amaro e "revelador" do padre Marcelo Rossi.

Em 1953, quando o presidente Getúlio Vargas inaugurou a "Escola Agrotécnica de Muzambinho", choveu demais na cidade - então com estradas de terra - e a comitiva presidencial ficou hospedada por três dias na casa do pai de Marino, Lalau Campedelli.

Getúlio e mais Tancredo Neves, Bias Fortes, João Cleófas, Juscelino Kubitschek e até o jornalista Assis Chateaubriand, então "o Roberto Marinho da TV Tupi e Diários Associados", que lá foi para cobrir o evento para a TV que inventou no Brasil, em 1950.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES