Luiz Freire

Ex-meia do Grêmio e Coritiba

por Rogério Micheletti

Luiz Arnoldo rnoldo Ellwanger Freire, o Luiz Freire, ex-meia do Grêmio, Internacional, Caxias e Coritiba, mora em Porto Alegre (RS) e trabalha como técnico de futebol.

Gáucho de Carazino (RS), onde nasceu em 11 de novembro de 1952, não foi o único jogador profissional da família Ellwanger. Seu irmão, Zé Augusto, foi lateral-esquerdo que também jogou no Criciúma, Brasil de Pelotas e Criciúma, entre outros.

Luiz Freire dirigiu em 2007 a equipe do Santo Ângelo, na segundona gaúcha.

No Grêmio, Luiz Freire atuou ao lado de Tarciso, Ancheta e Loivo, de 74 a 76, e no Caxias, foi companheiro do zagueiro Luiz Felipe Scolari.

No Internacional, Luiz Freire atuou nos anos 80, tendo como alguns companheiros no Beira-Rio os zagueiros Aloísio, Pinga e Mauro Galvão, o meia Ruben Paz e o goleiro Gilmar Rinaldi.

TIME DE LUIZ FREIRE QUASE ELIMINOU O DE ZICO

No Coxa, no começo dos anos 80, o meio-campista chegou a viver bom momento no time que tinha o ponta-esquerda Aladim e o atacante Escurinho, ex-Internacional. No Brasileirão de 1980, a equipe paranaense por pouco não chegou à final.

A eliminação aconteceu na fase semifinal, quando o Coritiba enfrentou o Flamengo. O Coxa tinha perdido o primeiro jogo por 2 a 0, em Curitiba, mas começou bem a partida de volta no Maracanã. Logo no primeiro tempo chegou a abrir também 2 a 0, gols de Vilson Tadei e Aladim. Mas o Fla, de Zico, Júnior, Adílio, Raul e companhia, conseguiu a virada com dois gols de Nunes, um de Carlos Alberto e um de Anselmo. No final, o Coxa descontou com Luiz Freire, belíssimo gol aliás, considerado o mais bonito do Brasileirão de 1980.

Clique aqui e veja uma matéria especial publicada no Portal Terceiro Tempo sobre o golaço de Luiz Freire na partida do Maracanã, Flamengo 4 x 3 Coritiba, em 1980.

A emocionante vitória rubro-negra por 4 a 3 aconteceu no dia 25 de maio de 1980. O árbitro do jogo foi carlos sérgio Rosa Martins. O Flamengo seguiu na competição, enfrentou o Clube Atlético Mineiro na final e foi o campeão depois de uma vitória por 3 a 2, no Maracanã. Mais uma vez brilhou a estrela do centroavante Nunes.

Luiz Freire foi revelado pelo Gaúcho de Passo Fundo em 1971, passou ainda pelo Guarani, de Bagé, Grêmio, Esportivo, Caxias, Criciúma, Aimoré, Internacional, Brasil de Pelotas, São Bernardo, Ypranga e Passo Fundo, este o seu último clube, em 1991.

A carreira de treinador começou em 1991, quando estava defendendo o Passo Fundo do Rio Grande do Sul como jogador e foi convidado pela direção do clube para assumir o comando do time. Já dirigiu as equipes do Caxias, Esportivo, São José, Lageadense, hapecoense, Guarany de Venâncio Ayres e categorias de base do Internacional.

Abaixo, o e-mail que recebemos de Luiz Freire no dia 8 de maio de 2008. E já fizemos as correções, viu, Luiz? Grande abraço.

Queridos amigos.

Gostaria de fazer algumas correções no que fim levou.

Na semi final Coritiba e Flamengo o terceiro gol do Coritiba foi feito pelo Luiz Freire e não pelo Claudinho.

Não joguei com o Mauro Pastor, e sim com o Aloisio e o Pinga , no mais esta correto.

O inicio e o fim da carreira foram em Passo Fundo , mas em times diferentes , começou no Gaúcho e encerrou no Passo Fundo.

Gostaria de agradecer pelas mudanças e dizer que esta iniciativa de vcs é maravilhosa , pois é o unico lugar que a historia do futebol brasileiro é encontrada , PARABENS.

DEUS ilumine e esteja sempre com vcs, forte abraço, Luiz Freire.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES