George Best

Ex-atacante e ponta-direita do Manchester United
Natural de Besfast, na Irlanda do Norte, o ex-atacante e ponta-direita George Best morreu no dia 25 de novembro de 2005, aos 59 anos, de falência múltipla dos órgãos ocasionada por cirrose.

Ele, que deixou um filho, era ídolo do lendário dream team do Reds Devills (Diabos Vermelhos) do Manchester United. Foi campeão inglês, em 1965 e 1967, e europeu em 1968, depois de vencer na final o Benfica de Eusébio.

George foi considerado, por muitos, um dos maiores jogadores britânicos de todos os tempos, comparado até a Pelé, Maradona e Cruyff. Ganhou fama de pop star, alcunhado como o Elvis Presley do futebol. Estava sempre presente nas manchetes dos tablóides. No entanto, o gosto excessivo por bebidas e o estilo de vida playboy, com noitadas, brigas, carrões e belas mulheres, arruinou sua carreira e até a saúde.

Sua única frustração foi não ter disputado uma Copa do Mundo, pois a seleção irlandesa (a não ser por sua exímia competência) dispunha de um time bem modesto. Ao representar a pátria, Best anotou nove gols em 37 partidas.

No Manchester, George despontou como craque bem jovem aos 17 anos. Lá, atuou de 1962 a 1974 e se realizou profissionalmente. Fez 466 jogos e 178 gols. O ex-atleta se destacou pela ótima visão de jogo, velocidade, finalização e habilidade para armar jogadas e driblar.

Após deixar a Inglaterra, teve passagens discretas por alguns clubes australianos e jogou oito anos nos Estados Unidos. Quando defendeu o Los Angeles Aztecs, em 1976, teve o privilégio de enfrentar Pelé, à época no Cosmos. Do Rei do Futebol, ele ouviu um inesquecível elogio de que era um dos melhores do mundo.

Frases antológicas

Confira algumas frases antológicas do polêmico e bad boy George Best:

"Gastei muito dinheiro com bebidas, mulheres bonitas e carros velozes. O resto, desperdicei."

"Em 1969, eu abandonei o álcool e as mulheres. Foram os piores 20 minutos da minha vida."

"Pelé me disse que eu era o melhor jogador do mundo. Essa foi a maior homenagem que recebi."

"Dizem que eu tentei dormir com sete misses mundo. Não é verdade. Foram apenas quatro. As outras três vieram atrás de mim."

"Nasci com um grande dom que algumas vezes tem um lado destrutivo. Queria superar todo mundo em campo quando jogava e, da mesma maneira, queria superar todo mundo nas minhas saídas noturnas."

"Ele (David Backham) não sabe chutar com o pé esquerdo, não sabe cabecear, não sabe fazer faltas e não marca muitos gols. Fora isso, é um bom jogador."

"Eu parei de beber, mas somente quando estou dormindo."

"Infelizmente não há antídoto contra o alcoolismo. A bebida foi o único adversário que não consegui superar."
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

Mais lidas

  • Sem notícias nesta categoria
  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    42
  • 2 Pal
    39
  • 3 San
    37
  • 4 Int
    33
  • 5 Cor
    32
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES